✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Os olhos não vêem, mas o coração vascaíno sente

Quando foi criada a expressão “o que os olhos não vêem o coração não sente” provavelmente não se imaginava que um dia pudesse existir alguém como o vascaíno Rogério Alexandre da Silva. Com seu rádio colado ao ouvido, Rogério acompanha o Vasco, seja em São Januário ou no Maracanã e se emociona a cada gol e a cada vitória do seu time demonstrando uma incrível percepção do jogo.
Detalhe: Ele é deficiente visual.


O que os olhos não vêem, o coração vascaíno sente. Emocionante!!

Outro dia, Rogério seguia no ônibus para a jogo entre Vasco x Paraná, pela Série B, quando um rubro-negro que estava no coletivo exclamou: Caramba! Ele é cego e está indo para o jogo do Vasco? Esse é torcedor de verdade – dizia, num misto de espanto e comoção.

Esse sentimento que não para pelo Vasco, desse torcedor pra lá de especial, tem dois companheiros inseparáveis: o guia e concunhado Eduardo, que lhe dá a direção, e o radinho, que lhe transmite as coordenadas do espetáculo:
– Têm uns caras que não podem jogar no Vasco, como esse Matheus.
Esse foi o primeiro comentário feito por Rogério, num jogo que já se mostrava arrastado no início. E adivinhem só quem foi substituído ainda no intervalo? Pois é...
– Se quiser me perguntar alguma coisa durante a partida, não tem problema. Eu tenho essa atenção dupla, de conversar com você e, ao mesmo tempo, ouvir o jogo no rádio – comentou em seguida.

As reações são as mesmas de qualquer outro torcedor na arquibancada. Não há diferenças, pelo menos não ali, local tão democrático e cheio de vida. Um lance perigoso o faz levar as mãos ao rosto, às vezes à cabeça, seja a favor do Vasco ou contra.
– Já é o quinto jogo que venho pela Série B. O time ainda é fraco e o Carlos Alberto não está jogando tudo que sabe. Mas nada disso me faz abandonar o Vasco – declarou Rogério.

Rogério tem 27 anos e mesmo sem enxergar, demonstra todo o seu amor ao clube. Seus olhos podem até não ver, mas o seu coração pode sentir muito bem o que representa esse sentimento de amor pelo Clube de Regatas Vasco da Gama. É pura emoção !!

6 comentários:

  1. A cada dia q passa mais essa nação VASCAÍNA me surpreende........É por essas e outras q falo:VASCÃOOOOO SEMPRE DETONANDO CORAÇÕESSSSSSS!!!!Tbm sou apaixonada por esse VASCOOOOOOOO!!!LINDY/+/

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez que visito esse blog.

    Sou flamenguista e me emocionei com esse relato.

    O Rogerio está de parabens por tanto amor, paixao e determinação em prol do seu clube de coraçao.

    Agora que li essa historia, acho que seria bacana os jogadores tomarem conhecimento disso e levarem uma homenagem para esse torcedor no jogo que marcará a subida do time pra série A.

    Roberto, ja pensou em escrever isso pro Dinamite???

    *****
    Gostaria de convidar o amigo a entrar no Chat Blogs Futebol Clube. Um chat feito para blogueiros pra gente poder promover nossos debates. Basta adicionar no seu msn esse endereço: group38099@groupsim.com

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Valeu Wilson Herbert!! Obigado pelo comentário e pela idéia. Com certeza vou enviar esse post para o Dinamite, se possivel em mãos, lá em São Januário. São exemplos como esse do nosso Rogério que me faz refletir, sobre quantas coisas boas o futebol é capaz de fazer na vida das pessoas, que mesmo tendo suas deficiências encontram no sentimento de amor ao clube, a sua força e sua razão de viver. Também estou muito emocionado com a estória desse humilde torcedor.
    Saudações Vascaínas!!
    http://dacruzdemalta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olha brother, ele encherga muito mais que muitaaa gente, pode ter certeza, fiquei realmente muito emocionado com o texto, é ai que vemos o verdadeiro amor pelo seu clube de coração, se você o conhece transmita ao amigo os meus mais sinceros parabéns e um abraço fraterno do mais fanático Vascaíno do Estado Catarinense, é por essa e outras que tenho orgulho de pertencer a esta grandiosa e maravilhosa Nação.
    Abraço e parabéns pela brilhante postagem.
    Jeferson

    ResponderExcluir
  5. ROBERTO!!!!!!!!!!
    EU AINDA NÃO VI ESSA MATÉRIA NO LANCENET AINDA,MAS VEREI EM BREVE E POR ISSO EU NÃO SEI SE ELE É CEGO DE NASCENÇA,PQ SE ELE FOR O AMOR DELE É REALMENTE INCONDICIONAL PELO VASCO PQ ELE NÃO SABERIA COMO É A CAMISA DO CLUBE,O ESCUDO ETC!!!!!!!!!!É LÓGICO QUE PELOS MÉTODOS DE HJ ELE JÁ DEVA TER ALGUMA IDEIA,MESMO ASSIM FICA AQUEM DE UMA PESSOA COM A VISÃO PERFEITA!!!!!!!!!!!ISSO QUE É REALMENTE UM VERDADEIRO AMOR PELO VASCO!!!!!!!!!!
    ABS!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Roberto,que exemplo fantastico de amor ao clube e ao esporte.
    Alias se todos nós seguisse os exemplos de pessoas com qualquer tipo de dificiencia,seja ela visual,fisica ou mesmo mental,o mundo seria bem diferente,a força de vontade e determinação deles é fantastica.

    Abraços!!!

    ResponderExcluir