✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Carlos Alberto vive seu melhor momento no Vasco



Nem todos os jogadores que despontam cedo para o futebol, estão preparados para conviver com a fama e usufruir dos benefícios que ela venha a lhe oferecer. Em muitos casos esses benefícios acabam virando malefícios, porquê a cabeça de um jovem jogador pode levá-lo a fazer coisas que acabam denegrindo a sua imagem e arruinando sua própria carreira.

Em sua maioria, os jovens jogadores são tremendamente impulsivos e se não tiver alguém para ajudá-los a controlar esse ímpeto, se perdem em atitudes intempestivas que resultam em prejuizos irreparáveis ao seu currículo futebolístico.

No caso de Carlos Alberto, o inicio de sua carreira foi marcado por grandes exibições e momentos conturbados. Depois de um bom inicio no Fluminense, onde foi revelado em 2002 atuando como meio-campista, ele se destacou e em 2004 foi contratado pelo Porto, de Portugal. Sobre o comando de José Mourinho, Carlos Alberto apareceu muito bem, tendo feito inclusive um gol na final da Liga dos Campeões do mesmo ano de 2004, vencida pelo Porto.

No início de 2005 foi comprado pelo Corinthians com a ajuda do grupo de investimentos MSI. Após algumas atuações irregulares e a contratação do meia Roger, Carlos Alberto acabou perdendo o posto de titular no time. Porém, após uma grave lesão do mesmo Roger, recuperou sua melhor forma e foi fundamental na conquista do Campeonato Brasileiro de 2005 pela equipe paulista.

Essa boa fase, entretanto, durou pouco. Mesmo com a contratação do meia Ricardinho, Carlos Alberto se manteve no time titular, mas não teve o mesmo brilho do ano anterior e o Corinthians foi eliminado da Libertadores 2006, fez má campanha no Campeonato Paulista e teve um Campeonato Brasileiro cheio de maus resultados. Em um jogo pela Copa Sul-Americana contra o Lánus, foi substituído no primeiro tempo pelo técnico Émerson Leão e ficou irritado, ofendendo o treinador.

Após alguns dias, o técnico Leão decidiu afastá-lo do grupo do Corinthians. Sem espaço no clube paulista, Carlos Alberto retornou em 2007 ao Fluminense para a disputa do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil. Neste seu retorno ao clube que o revelou, acabou por conquistar um título inédito tanto para ele como para o clube.

Em janeiro de 2008 foi contratado por empréstimo pelo São Paulo Futebol Clube, clube onde o seu irmão Fernando defendera no ano anterior. Seu primeiro jogo pelo tricolor paulista foi contra seu ex-clube, o Corinthians, no empate em 0 a 0 no dia 27 de janeiro. Seu primeiro e único gol marcado com a camisa são-paulina foi contra o Santos, comandado por seu antigo desafeto Leão, na vitória por 3 a 2.

Logo depois, envolveu-se em brigas internas e acabou afastado do elenco. O Werder Bremen, dono de seu passe, também não o quis de volta. Em maio foi contratado pelo Botafogo, por empréstimo, estreando pelo alvinegro, na derrota de 1 a 0 no Mineirão para o Cruzeiro, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. Marcou seu primeiro gol pelo alvinegro no dia 8 de junho contra o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro do mesmo ano, no Engenhão.

Carlos Alberto foi o artilheiro do time na Copa Sul-americana de 2008 e um dos principais destaques da equipe. Em meio a algumas polêmicas, o jogador deixou o clube antes do termino de seu contrato, em meados de novembro, depois de ir à justiça exigir direitos trabalhistas.

No início de 2009 foi emprestado pelo Werder Bremen pela terceira vez consecutiva, desta vez para o Vasco da Gama, inicialmente por um período de seis meses. Ao término deste contrato, seu empréstimo foi prorrogado por mais um ano. Desde então, Carlos Alberto tem sido o principal jogador da equipe cruzmaltina chegando a declarar seu amor pelo clube além de ressaltar que o ano de 2009 ficará marcado na sua carreira e na sua vida pessoal.

A história de amor do meia Carlos Alberto com o Vasco nasceu após três dias de pré-temporada, em Vila Velha, no Espírito Santo. De lá para cá, as juras de amor do camisa 19 não foram poucas. Confirmado no elenco que vai iniciar o ano de 2010, o capitão mostrou mais uma vez que não pretende deixar São Januário tão cedo.

Feliz da vida com a boa fase no Vasco e com a lua-de-mel que vive com a torcida cruzmaltina, Carlos Alberto declarou:

- Os outros clubes foram paixões, umas mais intensas e outras nem tanto. O Fluminense foi o clube que me abriu as portas e onde eu comecei a minha carreira. O Corinthians me deu a chance de vencer o meu primeiro campeonato nacional. Esse ano, independentemente das dificuldades, é o momento de maior equilíbrio da minha vida. Nos momentos em que eu fui vencedor na vida, sempre faltava algo em campo. Hoje eu estou bem em todos os aspectos. Nos outros clubes, eu namorei, mas não casei. Aqui no Vasco, eu casei e espero viver feliz para sempre.

4 comentários:

  1. Será que Carlos Alberto permanecerá o ano todo ou irá embora na metade da temporada? Segundo informações do brother Leandro do Maldita, não há dinheiro para contratações, se vier alguém a nível de Vasco será através da Penalty, o "restante do patrocínio" Eletrobrás e outros como a renda dos sócios e bilheteria estão contados. Outra informaçãom da como certa a saída de Dorival e a tendencia da vinda do Joel ou Abel.

    Pelo amor de Deus Joel e Hoth nãooooooooo...

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  2. ROBERTO!!!!!!!!!!
    EU JAMAIS IRIA IMAGINAR QUE O CARLOS ALBERTO TERIA TANTA INDENTIFICAÇÃO COM O VASCO COMO ESTÁ TENDO AGORA!!!!!!!!!
    EU PARTICULARMENTE NÃO GOSTAVA DELE E AGORA O VEIJO COMO A MAIOR REFERÊNCIA DO VASCO NO MOMENTO,CALANDO ATÉ A MINHA BOCA!!!!!!!!!REALMENTE ELE ALCANÇOU UM NÍVEL NO VASCO QUE NUNCA TEVE EM OUTROS CLUBES,TANTO DENTRO COMO FORA DOS GRAMADOS!!!!!!!!!!!!TOMARA QUE O VASCO SEGURE ELE POR MUITOS ANOS AINDA!!!!!!!!!!!
    SOBRE A DECLARAÇÃO DO AMIGO AÍ EM CIMA,PARA QUE SERVE ESTE PATROCÍNIO DO VASCO AFINAL DE CONTAS???????!!!!!!!!SE NÃO DÁ PRA CONTRATAR JOGADORES APENAS COM ELE,É MELHOR O VASCO PARTIR PRA OUTRA,FORA A BUROCRACIA DE TER QUE RENOVAR CNDs DE SEIS EM SEIS MÊSES!!!!!!!!!!OU ENTÃO É MELHOR ARRUMAR OUTROS PATROCÍNIOS MAIS FORTES APROVEITANDO A VISIBILIDADE QUE O CLUBE ESTÁ TENDO NO MOMENTO,EU DIGO PATROCINADORES DO TIPO QUE AJUDA A TRAZER CRAQUES E AJUDA A PAGAR OS SALÁRIOS DOS MESMOS!!!!!!!!!!
    ABS!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Grande Carlos Alberto!
    Vascão está preparando suas armas para 2010.
    Sucesso!

    Abs!

    Carol Sakurá

    ResponderExcluir
  4. com certeza vai ser um idolo vascaino sempre nao gostava dele em outro times mais agora ele mostrou vontade de vencer isso para mim e suficiente para confiar em carlos alberto

    valeu saudações vascainas

    ResponderExcluir