✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Brilha a estrela de Joel e Botafogo conquista a taça GB


Loco Abreu e seus companheiros comemoram a conquista da Taça GB.


Depois de sofrer uma goleada de 6 a 0 para o Vasco na 3ª rodada da Taça Guanabara, o Botafogo se recuperou, com uma vitória de 2 a 0 que lhe garantiu a conquista da Taça Guanabara. Os gols foram marcados por Fábio Ferreira e Loco Abreu, ambos na segunda etapa. No Vasco, Nilton e Titi foram expulsos, tirando qualquer chance de reação do time cruzmaltino.

O jogo que decidiu a Taça Guanabara, começou morno, com o Vasco trabalhando mais a bola no campo de ataque, enquanto o Botafogo procurava usar na sua principal arma, a bola aérea com Loco Abreu. Aos cinco minutos, Abreu recebeu lançamento na grande área, mas errou o tempo da bola. O Vasco respondeu aos 9, com uma jogada ensaiada que quase resultou em gol. Após falta cobrada pelo lado esquerdo, Carlos Alberto apareceu livre, na marca do pênalti, e cabeceou com perigo, a esquerda da trave de Jéferson.

Aos 26, Philippe Coutinho fez boa jogada e achou Dodô, que ao entrar na área perdeu a passada e não conseguiu chutar em gol. Aos 33, os botafoguenses reclamaram de um pênalti de Fernando em Loco Abreu, que perdeu boa chance um minuto depois, após cruzamento de Lúcio Flávio. Cinco minutos depois, Philippe Coutinho fez jogada individual, driblou e ao chutar para o gol, a bola acabou batendo em Wellington e indo pela linha de fundo.

Para o 2º tempo, Mancini colocou Magno no lugar de Léo Gago, e orientou o time para que jogasse pelas laterais. Mas quem assustou primeiro foi o Botafogo. Herrera recebeu lançamento na área livre e chutou para boa defesa de Fernando Prass. Foi então que o capitão vascaíno, Carlos Alberto resolveu chamar a responsabilidade do jogo e aos 10 e 14 minutos levou perigo ao gol de Jéferson, que num dos chutes fez uma bonita ponte.

Sentindo que o panorama do jogo começava a mudar, aos 17 minutos, Joel colocou seu talismã Caio em campo, no lugar de Lúcio Flávio, enquanto no Vasco entrava Rafael Carioca no lugar de Souza. O ataque alvinegro ganhou em velocidade com a entrada de Caio e logo aos 25 minutos, após cobrança de escanteio, Fábio Ferreira subiu mais alto que todos e cabeceou para as redes, fazendo Botafogo 1 a 0. Dois minutos depois, o meio campo vascaíno Nilton foi expulso após falta violenta em Caio.

Com um a mais, o Botafogo começou a se soltar. Aos 30, Herrera girou sobre o marcador e chutou com perigo. Aos 36, Titi foi expulso após puxar a camisa de Loco Abreu, fazendo pênalti que o próprio Abreu cobrou para fazer 2 a 0, aos 39. Com dois jogadores a menos e sem poder de reação, os cruzmaltinos pouco puderam fazer até o final jogo. Nas arquibancadas a festa ficou por conta da torcida alvinegra, comemorando a conquista da Taça Guanabara.

Mais uma vez brilhou a estrela de Joel Santana, que assumiu o time alvinegro em situação difícil e mesmo sem contar com grandes estrelas, o transformou em uma equipe aguerrida que soube se defender e ir ao ataque jogando no erro do adversário. Perdemos, porquê erramos muito e faltou tranquilidade aos nossos jogadores na hora de decidir. Parabéns a torcida alvinegra pela grande conquista!!

2 comentários:

  1. Infelizmente não jogamos pela esquerda e na direita o elder é um inútil. O nosso departamento juridico idem, pois ficamos sme reserva no ataque graças a incompetência deles. O dodô é que deveria ter saído, uma estátua seria mais produtiva9 aomenos a bola bateria nela) e se o mancini tiver um minimo de coerência barra ele já. fernando zagueiro não joga nem no meu time de peladas.. uma pena , jogamos mais e perdemos, temos mais time e perdemos e fomos vice , como sempre!

    ResponderExcluir
  2. Lamentável a atitude do Nilton que merece ser suspenso por um bom tempo e perder parte do salário. Lamentável a hesitação de Dodô ao não finalizar aquela bola. Lamentável e decepcionante a forma como jogamos, uma semana pra treinar e o que vimos era um bando de jogadores desentrosados, sem raça errando passe de meio metro, esses jogadores são ridiculos e ridicularizaram a Nação Vascaína que estava no Maracanã, perder para o botafogo não é o problema, mas da forma que perdeu, colocou em cheque todo o trabalho até aqui.

    Time senvergonha.

    Abraço
    Jeferson

    Obs: To esperando sua postagem.

    ResponderExcluir