✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco teve iniciativa, mas não conseguiu vencer


O Vasco criou boas oportunidades de gol, mas não conseguiu converter


Na estreia de Celso Roth, os jogadores do Vasco queriam dar uma boa impressão ao novo treinador e se empenharam bastante, fazendo um 1º tempo eletrizante.

O problema é que eles não contavam com a boa atuação do goleiro Renan, que fez três grandes defesas no primeiro tempo e ainda viu um chute de Philippe Coutinho explodir no travessão.

No momento em que os cruzmaltinos estavam melhores em campo, o Avaí abriu o placar. Patric cruzou para área e Nilton rebateu sem olhar, em cima de Rafael Carioca, a bola voltou e sobrou limpa para o atacante Roberto que na frente de Fernando Prass, chutou para o fundo das redes.

O gol abalou os cruzmaltinos e animou os catarinenses, que equilibraram a partida. Davi ainda obrigou Fernando Prass a fazer uma grande defesa. O primeiro tempo terminou 1 a 0, debaixo de uma forte chuva, com a equipe cruzmaltina perdendo inúmeras chances de gol.

O 2º tempo foi mais cadenciado, o que ajudou o Avaí a segurar o resultado. Mas por incrivel que pareça os cruzmaltinos, mesmo bem marcados, ainda tiveram boas chances de empatar a partida.

O atacante Rafael Coelho, teve a melhor chance do jogo. Depois de um chute forte de Elton, o goleiro Renam deu rebote, a bola sobrou livre para Rafael Coelho que com o goleiro caído, chutou na trave, perdendo o gol mais feito da partida.

O técnico Celso Roth que já havia colocado Rafael Coelho no lugar de Léo Gago, ainda deixou o time do Vasco mais ofensivo com as entradas de Élder Granja no lugar de Jumar e Dodô no lugar de Souza, mas nem assim conseguiu furar o bloqueio defensivo do Avaí.

Quando o jogo se encaminhava para o final, já nos acréscimos, o Avaí aumentou a vantagem. Róbson fez boa tabela com Anselmo e chutou para o gol, a bola desviou na zaga cruzmaltina e tirou Fernando Prass da jogada, fechando o placar em 2 a 0 para os catarinenses.

Apesar da derrota, ficou claro que o time do Vasco, mesmo limitado tecnicamente, mudou a sua postura e poderia ter saido pelo menos com um empate de Florianópolis.

Celso Roth ainda terá muito trabalho pela frente para arrumar a casa e precisará de reforços para defesa, meio campo e ataque. Mas uma coisa é certa, com ele de treinador, não faltará espírito de luta aos jogadores do Vasco.

2 comentários:

  1. Sinal de alerta do Vasco tem que estar aceso, pois se o time não acordar agora com o Roth, vai ser difícil brigar pelas primeiras posições.

    Abraços Roberto

    ResponderExcluir
  2. estou sentido muita falta do philipe coutinho!
    qual e o nome do jogador novo que tem 21 anos?

    ResponderExcluir