✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco passa fácil pelo Atlético do Paraná


Léo Gago comemora com Titi, o 3º gol da vitória cruzmaltina

Jogando neste sábado, em São Januário, o Vasco venceu com tranquilidade o Atlético Paranaense por 3 a 1. Com o resultado, o Clube da Cruz de Malta chega aos nove pontos e, apesar de não deixar a zona de risco, ultrapassa os paranaenses na classificação.

A partida começou equilibrada, debaixo de uma forte chuva. A primeira boa chance foi do Vasco, aos 13min, em jogada em que Nunes ajeitou para Fumagalli finalizar fraco contra o gol de Neto. O Atlético-PR chegava, mais em lances de bola parada através de Paulo Baier, mas suas finalizações eram desperdiçadas.

Aos 19min, saiu o primeiro gol vascaíno. Aproveitando o gramado molhado, Jonathan, recebeu na entrada da área e sem marcação, finalizou forte. A bola quicou e enganou o goleiro Neto, indo parar no fundo das redes, fazendo Vasco 1 a 0.

O time paranaense sentiu o gol e o Vasco passou a dominar as ações. Aos 24min, Eli Sabiá derrubou Jonathan na área, em um lance polêmico, o árbitro marcou pênalti e deu o primeiro cartão amarelo ao zagueiro atleticano. Na cobrança, Nunes fez 2 a 0 para a equipe cruzmaltina.

A situação, ficou pior para o Atlético-PR, quando aos 30min, o volante Chico fez falta dura em Rômulo e foi expulso. Cinco minutos depois foi a vez de Eli Sabiá, por reclamação, receber o segundo cartão amarelo e deixar o time rubro-negro com nove em campo.

Em vantagem numérica, o Vasco passou a pressionar em busca do terceiro gol, mas esbarrou nas boas defesas do goleiro Neto. Aos 35min, o goleiro espalmou um chute forte de Carlinhos, e aos 42min, defendeu em dois tempos um bom chute de Nilton.

O Atlético-PR ainda teve tempo de diminuir um pouco o prejuízo no 1º tempo. Em uma falha de Nilton dentro da área vascaína, Bruno Mineiro pegou a sobra e descontou para os rubro negros paranaenses.

Para a 2ª etapa, o que se viu foi um autêntico duelo de ataque contra defesa, com muitos gols perdidos por parte dos vascaínos.

Logo aos 3min, Léo Gago arriscou da entrada da área e acertou o travessão. Aos 9min, Rafael Carioca chutou da entrada da área e Neto espalmou pela linha de fundo. Aos 16min, Fumagalli pegou rebote da defesa e chutou cruzado. O goleiro atleticano foi obrigado a ser esticar todo para fazer uma ótima defesa.

O 3º gol vascaíno saiu aos 17min: Léo Gago dominou na entrada da área e finalizou no canto esquerdo de Neto. O resultado forçou o técnico Carpegiani a fazer a sua última substituição. Com apenas 19min em campo e sem tocar na bola, Maikon Leite foi substituído por Bruno Costa.

Com a vitória garantida, o Vasco diminuiu o ritmo, mas ainda assim, criou outras boas chances de ampliar o placar. Aos 25min, Rafael Carioca soltou uma bomba da intermediária e Neto espalmou para o lado. Aos 33min, Allan faz belo passe para Nunes, que perdeu um gol feito, dentro da área.

Nos minutos finais o Vasco passou a tocar a bola e administrar o resultado. Aos 44min, Léo Gago criou a última boa oportunidade, em chute da entrada da área que obrigou o goleiro Neto a fazer outra grande defesa, salvando os paranaenses de uma goleada.

Nenhum comentário: