✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco sai na frente, mas cede empate

As defesas de Vasco e Cruzeiro estiveram bem postadas


A torcida que compareceu neste sábado em São Januário, esperava uma atuação melhor após a apática atuação no empate contra o São Paulo. No início o time até que chegou a animar a sua torcida, mas depois novamente caiu de produção no fim e não passou de um empate em 1 a 1 contra o Cruzeiro.


O primeiro tempo começou com os dois times se estudando. O Vasco se movimentava e Felipe, jogando no meio, se sentia mais confortável. Foi dele a boa jogada para Éder Luís, que tentou um cruzamento perigoso e acabou ganhando o escanteio. Na cobrança, a bola sobrou para Dedé que quase marcou um golaço. Foi a primeira grande chance do jogo.


O Cruzeiro acordou e começou a ter mais volume de jogo, passando a assustar a zaga vascaína com boas jogadas e tabelas entre Wellington Paulista e Thiago Ribeiro. Aos 34, Felipe sentiu um estiramento muscular e pediu para sair, no momento em que fazia sua melhor partida desde que se chegou ao Vasco.


Allan entrou em seu lugar, mas o time demorou para se readaptar. Aos 43 veio a alegria para os cruzmaltinos. Logo após perder um gol incrível, em bela jogada de Carlos Alberto, Zé Roberto dominou na entrada da área e soltou uma bomba com a perna direita no ângulo do goleiro Fábio, fazendo um golaço.


Tudo levava a crer que teríamos um intervalo tranquilo, mas aos 48, no último lance do primeiro tempo, Thiago Ribeiro chutou cruzado e a zaga do Vasco bobeou. A bola parecia que iria sair na linha de fundo, mas acabou batendo no pé de Fernando e morreu no fundo do gol. O lance gerou muita reclamação por conta de um impedimento não marcado no bate e rebate.


O segundo tempo do Vasco foi marcado pela falta de inspiração. No início Éder Luís perdeu uma chance incrível, depois nada mais deu certo. Enquanto isso, o Cruzeiro com maior volume de jogo, buscava a virada o tempo todo e quase conseguiu com Wallyson após passe perfeito de Roger.


No finalzinho, após cobrança de escanteio, Fernando teve grande oportunidade de dar a vitória aos cruzmaltinos, mas ao finalizar dentro da área, chutou desequilibrado, perdendo a melhor chance de gol do Vasco em toda partida.

Um comentário:

  1. é meu brother, a realidade doi mas temos que aceitar, vamos ficar com a sul americana e so.

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir