✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco segura o empate no Morumbi

Erros de passe e pouca criatividade, no Morumbi.

Empatar com o São Paulo, em 0 a 0, no Morumbi, mesmo com a equipe paulista vivendo um momento dificil, não pode ser considerado um mau resultado. Mas a postura tremendamente defensiva da equipe cruzmaltina não agradou a ninguém.

Com uma atuação que não faz lembrar em nada a boa campanha do Vasco, nesse Brasileirão, a equipe de São Januário, por incrivel que pareça, não conseguiu fazer uma finalização sequer para o gol de Rogério Ceni durante os 90 minutos.

Com o resultado, os vascaínos somam agora 22 pontos e se mantêm na 9ª colocação, mas podem ser ultrapassados por, Palmeiras, Flamengo, Vitória ou Guarani, que se enfrentam hoje no complemento da 16ª rodada.

Sem Carlos Alberto, seu principal articulador no meio campo, PC Gusmão colocou o garoto Allan em seu lugar, mantendo Felipe na lateral esquerda, utilizando uma formação que não deu certo, no inicio do jogo de domingo passado contra o Fluminense.

Realmente, não foi uma boa escolha do treinador. Desde a saida de Ramon, por motivo de contusão, PC Gusmão vem buscando um substituto. Algumas experiências foram feitas, até que o garoto Max dos juniores, teve sua oportunidade saindo-se muito bem. O problema parecia estar resolvido, mas a sua contusão o afastou do time.

Ontem, depois de mais uma improvisação pelo setor esquerdo da defesa, vimos o São Paulo rondando a área vascaína desde os primeiros minutos. Mesmo sem mostrar muita criatividade, aos 3 minutos, depois de boa jogada pela direita, Ricardo Oliveira recebeu o passe e chutou para defesa de Fernando Prass.

Os dois times erravam passes demais, o Vasco não conseguia encaixar o contra ataque e o jogo seguia em ritmo lento. Aos 27 minutos, na falta de grandes lances, o que chamou atenção, foi quando Fernandinho, irritado, chutou a bandeira de córner, arrancando-a do mastro. O árbitro Carlos Eugênio Simon mandou que ele a colocasse de volta no lugar.

O Tricolor seguia com mais volume de jogo diante de um Vasco que se defendia bem, mas se mostrava apático no ataque. Aos 43 minutos, Jean cobrou falta de longe, com muito efeito e acertou o travessão de Fernando Prass.

Na volta para o 2º tempo, PC Gusmão colocou Fumagalli no lugar de Allan, mas a mudança não surtiu o efeito desejado. O Vasco continuava errando passes e não conseguia chutar a gol. Aos 15, Jonathan entrou na vaga de Zé Roberto que pouco fez em campo.

Mesmo sem ser brilhante, o São Paulo, pelo menos, conseguia finalizar. Aos 28, Jean chutou da entrada da área, mas a bola subiu muito. Aos 40 minutos, Fernandão deu belo passe para Marcelinho, que recebeu na área e chutou rasteiro para grande defesa de Prass. Sem tempo para mais nada, pouco depois, Simon encerrou o jogo, com o melancólico placar de 0 a 0.

Nenhum comentário: