✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco supera expulsão e vence o Vitória

Zé Roberto foi o destaque na vitoria cruzmaltina

Com muita garra e disposição, os cruzmaltinos superaram a expulsão de Carlos Alberto, ainda no 1º tempo e venceram o Vitória por 1 a 0, neste domingo, em São Januário. Com os três pontos conquistados, o Vasco chegou a 17 pontos ganhos, e ocupa agora o 11º lugar no Brasileirão, entrando na zona de classificação para a Sul-Americana.

O Vasco começou o jogo com muita disposição, mas a forte marcação do time baiano, dificultava as ações do ataque vascaíno. Até que aos 6 minutos, veio a primeira chance do time cruzmaltino através de Carlos Alberto. O capitão cobrou falta na entrada da área, com categoria, e a bola explodiu no travessão do goleiro Lee, do Vitória.

O Vasco buscava o ataque, sufocando o adversario, enquanto o Vitória se defendia e só saia em contra ataques. E foi assim que Soares quase assustou no goleiro Fernando Prass, mas o chute saiu alto, por cima do travessão.

Aos 22, Zé Roberto trouxe o alívio para as famílias que lotaram São Januário no Dia dos Pais. Depois de jogada de pé em pé do ataque cruzmaltino, o garoto Max que estreava na lateral esquerda, chutou cruzado para a área, e o camisa 10 desviou para as redes, fazendo Vasco 1 a 0.

Apesar da desvantagem no placar, o Rubro-Negro baiano não se intimidou e foi a frente em busca do empate. Soares avançou pela direita e cruzou para área, Schwenck chegou junto com a zaga cruzmaltina, mas ainda conseguiu finalizar com perigo, rente à trave esquerda do goleiro Fernando Prass.

O Vasco dominava o jogo, até que Carlos Alberto ironizou o juiz, prejudicando o time, já nos acréscimos do 1º tempo. Após reclamar de falta não marcada pelo árbitro Wallace Valente, o capitão vascaíno recebeu cartão amarelo. Na sequência, o jogador aplaudiu o juiz e foi expulso.

Depois de esfriarem a cabeça no vestiário, os jogadores do Vasco voltaram com um a menos e continuaram a pressionar o Vitória. Quando Felipe cansou e foi substituído, o time passou a ser dominado, e a partida se transformou num jogo de ataque contra defesa. Mas para felicidade da torcida vascaína, a má pontaria do time baiano, não permitiu que o placar fosse alterado.

Apesar do sufoco no final, incentivados pela sua torcida, os cruzmaltinos que jogavam com um a menos, mostraram uma garra impressionante, conseguindo segurar o resultado até o fim do jogo.

Nenhum comentário: