✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Cleber Abade xingou jogadores. E agora. Cadê a punição??


Xingamentos e erros de Cleber Abade revoltam os vascaínos.


O Vasco enfrentará o Palmeiras neste domingo, precisando de uma vitória para recuperar os pontos que deixou de ganhar no meio da semana, mas o principal assunto no clube, continua sendo o empate contra o Atlético-MG. As reclamações contra o árbitro Cleber Welington Abade continuam repercutindo na imprensa.

Ninguém falou abertamente sobre o assunto, mas todos admitiram que Abade intimidou os jogadores vascaínos com muitos palavrões, além de provocações. Para piorar, o técnico Paulo César Gusmão pode pegar um gancho por conta do relato na súmula do árbitro.

Ontem, o clima no elenco ainda era de revolta. No vestiário antes de o treino começar, PC Gusmão tentou passar algumas dicas sobre o Palmeiras, mas a arbitragem acabou virando o tema principal. Até mesmo Zé Roberto, que não jogou, comentou o assunto de tanto que escutou durante o dia.

O camisa 10 disse que seus companheiros ouviram "gracinhas" e que ele próprio já sofreu com esse tipo de provocação diversas vezes. Zé ainda lamentou o fato de nada acontecer com os árbitros.

"Infelizmente, aconteceu mais uma vez. É algo comum, mas o árbitro é a autoridade e a gente nunca tem como provar. A palavra dele é sempre a final. Se um dia eles fossem punidos, acho que as coisas seriam diferentes. Mas não acredito que isso aconteça", desabafou.

O diretor de futebol, Rodrigo Caetano, afirmou no vestiário após o jogo que não entendeu a maneira de Abade conduzir o jogo. Sobre as intimidações, preferiu tratar o assunto de maneira interna. A única medida de momento é avaliar a contratação de um ex-árbitro para orientar o grupo.



Na sua opinião:

- Os juizes tem esse direito de ofender os jogadores impunimente ??

- Qual a sua sugestão para acabar com esse abuso de autoridade ??

Nenhum comentário: