✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco cede empate no final outra vez. Incrivel !!


Ramon marcou o 1º gol do Vasco em mais um empate.

Depois de estar vencendo a partida até os 46 minutos da etapa final e com um jogador a mais durante parte do segundo tempo, o Vasco deixou escapar mais uma vitória no Brasileirão. Após um pênalti bobo cometido por Titi, a vitória que se desenhava como certa, acabou transformando-se num empate, com sabor amargo diante do Botafogo, no Engenhão.

O Vasco, como sempre vem ocorrendo, começou o jogo muito bem, levando perigo ao adversário. Logo aos 3 minutos, Eder Luis cruzou para Rafael Coelho, que sozinho, na entrada da pequena área, fez o que parecia impossível, chutando para fora.

Com muitas faltas, o jogo começou muito pegado, mas os cruzmaltinos, ao menos, mostravam mais organização e acabaram fazendo 1 a 0, aos 13 minutos. Zé Roberto roubou a bola de Antônio Carlos, passou para Rafael Carioca que dominou e rolou para Ramon, que chutou. A bola desviou em Danny Morais e matou o goleiro Jefferson.

Antônio Carlos se machucou na jogada do gol e deu lugar a Caio, que ao entrar começou a ser perseguido pela torcida, devido ao gesto obsceno que fez no jogo contra o Cruzeiro. Fahel também era muito vaiado, a ponto da torcida alvinegra vibrar quando ele caiu, parecendo estar machucado.

Aos 23, Maicosuel perdeu uma boa oportunidade de gol e ao chutar a bola se lesionou dando lugar a Herrera. Aos 36, o Vasco ampliou. Éder Luís deixou Alessandro para trás, chutou forte e fez, Vasco 2 a 0.

Na volta para o 2º tempo, PC Gusmão colocou Carlos Alberto no lugar de Rafael Coelho. O Vasco veio em busca do terceiro gol e quase marcou aos 7 minutos, mas foi o Botafogo que levou a melhor. Aos 9, Alessandro alçou a bola na área, Fernando Prass saiu mal do gol e Herrera, de cabeça, diminuiu.

Aos 17, o argentino foi expulso, depois de entrada dura em Zé Roberto. Aos 25, Felipe, que entrara na vaga de Zé Roberto, deu excelente passe para Carlos Alberto, que entrou livre na área e chutou para defesa de Jefferson. Mesmo com um jogador a menos, o Botafogo não se entregou e contou com uma mãozinha do Vasco, para lhe ajudar.

Em bola cruzada pela esquerda do ataque alvinegro, o zagueiro Titi pulou para cabecear, tocando com a mão na bola dentro da área, aos 44. Dois minutos depois, Loco Abreu, sem cavadinha, cobrou e deixou tudo igual no placar, em 2 a 2. O uruguaio vibrou muito com o gol de empate, que para os alvinegros teve sabor de vitória.

Exemplo de União entre torcidas adversárias no RJ

Pai alvinegro e filho vascaino. União de duas grandes torcidas.

PS: "Parabéns a cruzmaltinos e alvinegros que mais uma vez deram um exemplo de como é possivel torcer em paz no futebol. Que a amizade dessas duas torcidas sirva de exemplo para todos os torcedores do Brasil". União e Paz entre todas as torcidas !!


Um comentário:

  1. Mais uma vez a vitória escapou por entre os dedos dos jogadores cruzmaltinos. Foi um empate com sabor amargo de derrota.

    ResponderExcluir