✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco deixa a vitória escapar no final

Daniel Carvalho esteve sempre bem marcado por Titi.


Vasco e Atlético-MG empataram em 1 a 1, nesta quinta feira, em São Januário. Os cruzmaltinos viram uma vitoria que parecia certa, escapar por entre os dedos quase ao final do jogo, depois de sofrer um gol de pênalti aos 39 do segundo tempo. Com este resultado o Gigante da Colina, que ainda tem um jogo a menos no Brasileirão, ocupa a 9ª colocação, com 27 pontos.

Apesar de um inicio de jogo com pouca criatividade, coube ao Atlético-MG a primeira e única chance de gol, logo aos 7 minutos, depois uma boa troca de passes que deixou Fabiano na frente de Fernando Prass. O goleiro vascaíno, saiu bem do gol e não deu nem chance para a finalização do atacante atleticano.

Sem Carlos Alberto, Felipe e Zé Roberto, a criação ficou entregue a Fumagalli, que mais uma vez esteve muito mal em campo. Sem criatividade no meio, coube ao lateral-direito Fagner, eleito o melhor em campo, fazer as principais jogadas de ataque do time de PC Gusmão, durante toda partida.

Depois de duas tentativas, de fora da área, uma com Rafael Carioca, que finalizou com perigo, e outra com o próprio Fagner, os cruzmaltinos chegaram ao gol. Aos 37 minutos, Éder Luis recebeu de Fagner na entrada da área. O ex-atleticano tirou o zagueiro da jogada e chutou forte, no ângulo de Fábio Costa, fazendo 1 a 0 para o Vasco.

No segundo tempo, o técnico Vanderlei Luxemburgo avançou o seu time, enquanto no Vasco, PC Gusmão tirou Fumagalli para colocar o volante Fellipe Bastos. Depois de ficar quase todo o tempo jogando recuado em seu campo, os cruzmaltinos sofreram o castigo, com uma jogada que decidiu o resultado da partida.

Jonathan, que havia substituido Éder Luis, sofreu uma falta, não marcada pelo juiz Cleber Welington Abade(SP), e no contra-ataque Nilton derrubou Daniel Carvalho na área. Ricardinho bateu e a bola passou embaixo do corpo de Fernando Prass, empatando a partida.

Após o gol, o técnico PC Gusmão reclamou do árbitro e foi expulso. Com esse resultado o Vasco, deixou de ganhar dois pontos importantes, perdendo uma boa chance de se aproximar do G-4. No próximo domingo, o Vasco vai a São Paulo enfrentar o Palmeiras, no Pacaembú, em busca dos pontos que deixou de ganhar em casa.

Nenhum comentário: