✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco fritou o Peixe em São Januário: 3 a 1

Fagner comemora o golaço que abriu o caminho da vitória.


Depois de seis jogos sem vencer, o Vasco derrotou o Santos por 3 a 1, nesta terça feira, em São Januário. Jogando sem cinco titulares a equipe cruzmaltina mostrou muita garra e uma superação impressionante que acabou ofuscando o talento individual do craque santista Neymar.

Desde o inicio do jogo as atenções estavam voltadas para Neymar. Mas depois que a bola rolou, quem deu as cartas foi o time do Vasco. Mostrando que não estavam para brincadeira os cruzmaltinos partiram pra cima do Peixe, incentivados pela sua torcida.

Aos 30 minutos, Eder Luis avançou pela direita, passou com facilidade por Alex Sandro e rolou para trás. Fágner acertou um belo chute, no ângulo e fez Vasco 1 a 0. Aos 34, Felipe deu ótimo passe para Rafael Coelho, que foi derrubado pelo goleiro dentro da área, sofrendo pênalti. Felipe cobrou, Rafael espalmou, a bola bateu na trave e sobrou para o proprio Felipe fazer Vasco 2 a 0.

Os dois gols deram a tranquilidade que o time precisava, com o Vasco passando a dominar o jogo. Aos 41, Zé Roberto fez boa jogada, e quase marcou um golaço, mas demorou para finalizar e acabou sendo desarmado pela defesa santista.

Para o 2º tempo o Peixe voltou com vontade. Aos 3 minutos, Fernando Prass afastou um cruzamento na área. Aos 10, depois de uma falha infantil, Titi pisou na bola e Arouca rolou para Danilo fazer o gol. Para piorar, Jumar foi expulso aos 31, depois de falta em Neymar. Com um a menos, o Vasco passou a apostar nos contra ataques com Zé Roberto e Éder Luis, levando perigo ao gol santista.

Com a vantagem numérica em campo o Santos veio pra cima, mas a defesa cruzmaltina segurou bem o ímpeto santista. Aos 41, Neymar cobrou falta com perigo; em outro lance, o atacante tocou, mas Fernando Prass salvou. No lance seguinte, Danilo chutou e o goleiro fez grande defesa.

O melhor da festa ainda estava por vir. Aos 49, Eder Luís, em jogada de velocidade, fez um golaço para selar a vitória com chave de ouro. O camisa 7 vascaíno, em grande estilo, passou por Arouca, Durval e Pará, para selar a vitória com um golaço e acabar com o jejum dos vascaínos.

Ao final do jogo, os jogadores do Vasco se juntaram num grande abraço coletivo para mostrar a união do elenco. Com o resultado os cruzmaltinos chegaram aos 33 pontos, com um jogo a menos, ficando na 12ª colocação do Brasileirão.

7 comentários:

  1. Enfim a vitória que estávamos precisando. Sem Carlos Alberto, Dedé, Nilton, Ramon e Rafael Carioca, os cruzmaltinos mostraram uma garra e superação impressionantes, contra o Santos de Neymar e cia. Força Vascão!! É essa disposição que a torcida quer ver sempre. Parabéns guerreiros vascaínos!!

    ResponderExcluir
  2. Criei um blog sobre meu time de coração que é Fluminense e gostaria de perguntar
    se você poderia me ajudar fazendo uma parceria de link comigo,desde já muito
    obrigado e parabéns pelo seu blog:
    http://fluzaoeterno.blogspot.com/

    Fluzão Eterno

    ResponderExcluir
  3. Vamos fazer a parceria,adiciona o meu blog entre os seus sugeridos e eu adiciono o seu aqui tambem,um abração e aguardo contato

    ResponderExcluir
  4. Já adicionei o seu blog tambem,um grande abraço e muito obrigado pela parceria

    ResponderExcluir
  5. Roberto, adorei essa vitória. Esse ano não tem favorito, todo mundo joga, ganha ou perde.
    Estou tetando visitar os amigos. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Foi uma vitória maiúscula brother, merecíamos faz tempo.

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir
  7. Olá,querido Roberto!
    Fiquei muito emocionada com o seu comentário no Poete!
    De fato,temos que voltar a nos iteragir e não deixar-nos perder,afinal,os blogs existem para essa troca de amizades.Vc ,em especial tem um valor muito importante pra mim.Sempre aprendo com a sua sabedoria em falar de futebol de forma sensivel e culta.
    Um grande abraço!
    p.s: Agora também estamos interligados no twitter.

    ResponderExcluir