✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco perde com gol de pênalti mal marcado

Zé Roberto, bem marcado, pouco produziu em campo.

O Vasco foi a Campinas disposto a devolver a derrota do 1º turno ao Guarani. No entanto, mais uma vez a equipe de Vagner Mancini levou a melhor e repetiu o placar de 1 a 0 em cima do time da Colina.

A emoção que faltou ao longo do primeiro tempo, sobrou nos minutos finais da etapa inicial. Aos 44 minutos, Titi arriscou um chute colocado de longa distância pela esquerda e a bola acertou o travessão, quando o goleiro Douglas já não chegaria no lance.

No ataque seguinte foi a vez do Guarani responder à altura. Aos 45 minutos, Mazola invadiu a área e Jumar, que substituiu Nilton, machucado, derrubou o atacante do Bugre. O juiz Héber Roberto Lopes nada marcou.

Com o time ainda reclamando do lance, o Guarani foi ao ataque com Reinaldo. Num chute cruzado da esquerda, ele acertou o pé da trave. Na volta, Mazola emendou de primeira, mas o zagueiro Dedé salvou o Vasco de levar o primeiro gol.



DEDÉ SALVA GOL MILAGROSAMENTE, VEJA !!


Na volta do intervalo, Paulo Cesar Gusmão colocou Carlos Alberto no lugar de Rafael Coelho, que mais uma vez nada fez em campo. E logo em seu primeiro lance, com um minuto, o capitão cruzmaltino recebeu de Max, dominou dentro da área e chutou forte, de esquerda. O goleiro Douglas espalmou no susto, por cima do gol.

Aos 9 minutos, foi a vez de Fernando Prass fazer boa defesa, com o pé esquerdo, após chute do meio-campo Paulo Roberto de dentro da área. O goleiro vascaíno ainda espalmou mais uma bola após boa cobrança de falta de Baiano.

A partir desse lance, o jogo esfriou e PC Gusmão tentou melhorar o meio campo com Felipe na vaga de Fellipe Bastos, mas não obteve êxito. Pelo lado do Guarani, o técnico Vagner Mancini, também mudou, colocando Ricardo Xavier no lugar de Reinaldo no ataque.

Aos 33 minutos, o juiz "compensou" o erro do primeiro tempo. Ricardo Xavier se jogou na área numa disputa em que o zagueiro Dedé foi na bola, e desta vez, inexplicavelmente, o juiz marcou o pênalti.

PC Gusmão foi à loucura no banco de reservas e reclamou muito, mas Baiano cobrou bem, fazendo 1 a 0 para o Guarani. O Vasco ainda tentou empatar, partindo para o ataque, mas a defesa adversária, bem plantada, defendeu o resultado até o final.


Um comentário:

  1. Seria mais um empate, não fosse a intervenção equivocada do juiz Heber Roberto Lopes, que visivelmente, compensou o erro do 1º tempo.

    ResponderExcluir