✠ Bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Seja Um Sócio Torcedor Gigante do Vascão ✠ Sua participação vai ajudar a patrocinar o Clube do seu Coração ✠ Clique no link abaixo ✠
https://socio-vasco.futebolcard.com/
Clique na Imagem

17.9.10

Vasco vacila e empata mais uma em casa.


Ramon voltou bem e fez o primeiro gol para os cruzmaltinos.


Jogando nesta quinta feira em São Januário,o Vasco vacilou mais uma vez e empatou com Avaí, por 1 a 1, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ramon abriu o placar para os cariocas e Caio empatou para os catarinenses.

Sem perder tempo, o Vasco iniciou a partida em cima do Avaí, pressionando o adversário na saída de bola. A equipe catarinense sentiu e começou a marcar mais forte para sair com rápidos contra ataques.

Aos 24min, Éder Luis recebeu belo passe na esquerda e cruzou para a área, o lateral esquerdo Ramon apareceu como elemento surpresa e testou para o fundo das redes, fazendo Vasco 1 a 0. O gol deixou a equipe catarinense desnorteada e três minutos depois, Rafael Coelho sofreu pênalti, depois de ser empurrado na área por Émerson. O atacante foi para a cobrança, porém sem sucesso. Coelho bateu fraco e Renan defendeu com facilidade.

Com o desperdício da penalidade máxima, o Vasco se encolheu e passou a ver o Avaí tomar a iniciativa do jogo. Aos 32min, Leandro Bonfim bateu falta com categoria e a bola raspou na trave direita de Fernando Prass.

No lance seguinte um princípio de confusão foi armado. Após chute forte de Felipe Bastos, o goleiro Renan não segurou na primeira. Na sobra, o goleiro segurou a bola, antes da chegada de Éder Luis que o atingiu de raspão a sua cabeça. Os jogadores do Avaí ficaram exaltados e foram tirar satisfação com os vascaínos. Ramon e Marcinho Guerreiro foram advertidos com o cartão amarelo.

O Avaí, que perdeu o atacante Vandinho por lesão após pancada de Dedé, seguiu pressionando e aos 42min teve boa chance de marcar. Davi avançou pela esquerda e bateu cruzado, o lateral Patric, ex-Benfica, pegou mal na bola e mandou para fora.

Mais uma vez em jogada pelas laterais, o Avaí apareceu bem no ataque. Patric fez bom cruzamento para o experiente atacante Sávio, que já estava pronto para empurrar a bola para as redes, mas foi surpreendido por Nilton, que mandou a bola para escanteio.

Para a segunda etapa, PC Gusmão tirou os dois jogadores que voltaram após longos períodos afastados, por lesão. Rafael Coelho saiu para a entrada do jovem Jonathan e Ramon deixou o gramado para dar lugar a Jumar, que foi mais uma vez improvisado na ala esquerda.

Com as alterações, a equipe carioca conseguiu neutralizar as principais ações dos catarinenses e voltou a dominar a partida. E logo aos 10min, Felipe Bastos obrigou Renan a fazer bela defesa. O meia que vem sendo titular nas últimas partidas, devido às ausências de Carlos Alberto e Felipe, recebeu bom passe de Eder Luis, chutou forte e o goleiro do Avaí espalmou.

O Vasco seguiu pressionando e no lance seguinte, perdeu mais uma grande oportunidade de ampliar sua vantagem. Zé Roberto foi acionado por Jonathan, invadiu a área e chutou, de perna esquerda, rente a trave.

Após os sustos, a equipe comandada por Antônio Lopes teve chance de igualar o placar, com Rafael Costa, que recebeu passe na área, dominou no peito e chutou para excelente defesa de Fernando Prass.

Como no primeiro tempo, no momento em que a partida tendia para o equilíbrio aconteceu algo que mudaria o destino das duas equipes. Desta vez, em vez do gol foi uma expulsão. Émerson colocou a mão na bola, na entrada da área, recebeu o segundo cartão amarelo e foi para os vestiários mais cedo.

Zé Roberto, que realizou bela partida desperdiçou mais duas chances de gol. Na primeira, aos 22min, o camisa 10 vascaíno chutou forte e Renan defendeu em dois tempos. Dois minutos depois, na segunda, o meia-atacante dominou na risca da área, se livrou do marcador e concluiu para mais uma grande intervenção de Renan.

O Vasco foi penalizado por ter desperdiçado tantas chances de gol e acabou sofrendo o empate, com gol de . Em jogada de contra ataque,aos 29min, Laércio chutou forte e Caio aproveitou o rebote de Fernando Prass, empurrando para o gol vazio.

O gol sofrido deixou os cruzmaltinos desesperados em busca da vitória. Porém a equipe não conseguiu transformar a vontade em gols e amargou mais um empate no Campeonato Brasileiro.

2 comentários:

  1. Oi amigo! Td bem? A coisa não anda fácil pro meu São Paulo Também não!!! hehehe Bom final de semana pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Os empates não levam pra lugar nenhum.

    ResponderExcluir

Assista os jogos do seu time ao vivo em nosso site.
Deixe seu comentário e vote no Top 30.