✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco vence o Ceará e se aproxima do G-4

Vascaínos comemoram o 1º gol, marcado por Zé Roberto.

O Vasco derrotou o Ceará por 2 a 0, neste sabado, em Fortaleza, pela última rodada do turno do Brasileirão, acabando com a invencibilidade do alvinegro cearense, no Castelão. Com gols de Zé Roberto e Fellipe Bastos, os cruzmaltinos chegam ao 8º lugar, com 26 pontos, mas com um jogo a menos. Já o técnico Paulo César Gusmão segue invicto, igualando-se a Muricy Ramalho com uma invencibilidade de 18 jogos: São 10 vitórias e 8 empates, na era dos pontos corridos, desde 2003.

No começo, o Ceará tomou a iniciativa do jogo, com Magno Alves. Kempes tocou para o atacante, que arrancou pela esquerda e chutou forte. A bola bateu na rede pelo lado de fora, assustando Fernando Prass. O Vasco acordou e, num belo contra-ataque puxado por Carlos Alberto, saiu o primeiro gol do jogo, aos 7 minutos. O meia arrancou do seu campo e tocou para Éder Luís. Ele deu um drible seco, que deixou o adversário sentado no chão, e tocou com precisão para Zé Roberto só empurrar para o gol: 1 a 0.

Depois do gol, o Ceará passou a contolar as ações. O empate poderia ter saído em três lances. No primeiro, aos 20 minutos, Camilo saiu cara a cara com Prass, que saiu bem e salvou; no segundo, o zagueiro Dedé escorregou e Ernandes chutou rente ao travessão, aos 32. A outra chance surgiu num toque de peito de Kempes para João Marcos, que bateu para fora.

Os dois times voltaram do intervalo, com o Vasco sofrendo uma perda importante logo aos 5 minutos. Carlos Alberto machucou a coxa direita e deixou o campo decepcionado. O jogo perdeu em qualidade e o Ceará quase empatou após boa tabela entre Magno Alves com Geraldo. O ex-tricolor emendou de primeira, mas Fernando Prass brilhou de novo.

Para sacramentar a vitória, aos 37 minutos, o estreante Fellipe Bastos, em boa cobrança de falta, fez 2 a 0 para o Vasco. No primeiro chute a bola bateu na barreira, mas o segundo ele estufou a rede, para delírio da torcida vascaína que compareceu em grande número no Castelão.

Um comentário:

  1. Gostei muito do jogo de ontem, acho que ainda brigamos pela libertadores, mas com a contusao do c. alberto o jogo de quinta ficou complicado.

    Abraço
    Jeferson

    ResponderExcluir