✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco entra sonolento e perde para o Vitória


Felipe fez o que pôde, mas não conseguiu evitar a derrota

Logo que o jogo começou, o Vitória disse ao que veio e impôs o seu ritmo. Jogando em alta velocidade o time baiano botou pressão sobre a defesa cruzmaltina. Aos 2min de jogo, Adaílton arrancou pela direita e invadiu a área, depois de se livrar de dois marcadores, chutou de bico, sem defesa para para Fernando Prass.

O forte calor e a velocidade do Vitória surpreenderam os vascaínos, que só se acertaram em campo lá pelos 15min de jogo. Procurando neutralizar o ímpeto dos baianos, os cruzmaltinos diminuiram os espaços para frear os jogadores do Vitória.

Com vantagem no marcador, a equipe rubro-negra também passou a atacar menos, já que estava com o placar a seu favor. Diminuindo o seu ritmo inicial, o Vitória passou a apostar nos arremates de longa distância. E foi assim que acabou chegando ao 2º gol. Aos 40min, Elkesson chutou de fora da área e contou com a colaboração do goleiro Fernando Prass, que falhou no lance ao tentar espalmar a bola, que morreu no fundo das redes.

Pra piorar mais ainda a situação do Vasco na partida, aos 47min, após bola levantada para a área, o goleiro Fernando Prass tentou afastar, mas a bola saiu muito curta e na direção de Neto Coruja, que tocou de cabeça para o gol vazio, fazendo, Vitória 3 a 0.

Para o 2º tempo, o Vasco se animou e veio pra cima dos baianos. Logo aos 3min, em uma falta cobrada para dentro da área por Fagner, o atacante Nunes subiu mais alto que a zaga adversária e cabeceou para o gol, dando inicio a uma possivel reação cruzmaltina.

Entretanto, o ímpeto do time de PC Gusmão foi diminuindo aos poucos, sendo controlado pela equipe do Vitória, que passou a tocar a bola e ditar o ritmo do jogo. Mas o Vasco não esmorecia e tentava diminuir o placar, até que aos 11min, Elkesson achou Júnior dentro da área. O centroavante passou com facilidade por Jádson Vieira e finalizou forte para decretar o quarto gol em Salvador.

O time do Vasco ainda tentou chegar ao gol. Zé Roberto teve boa chance, mas Viáfara defendeu bem. A equipe carioca passou a ter mais posse de bola e de tanto insistir, acabou conseguindo diminuir, quase no último minuto de jogo. Fumagalli, marcou um belo gol, de falta, dando números finais ao placar de 4 a 2, para o Rubro-Negro baiano.

2 comentários:

  1. O Vasco perdeu principalmente com o péssimo primeiro tempo. Aí depois não tinha mais jeito mesmo.

    ResponderExcluir
  2. O 1º tempo deu tudo errado, não jogamos nada e tomamos três gols que normalmente não acontece. Dedé fez muita falta na defesa e o garoto Diogo ainda está muito verde para vestir a camisa do time principal. No 2º tempo fizemos dois gols e sofremos um. Se pudéssemos apagar o que aconteceu na 1ª etapa...

    ResponderExcluir