✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Que vitória foi essa, Vascão! Estamos na final.

Uh vai pra cima. É o trem Bala da Colina !!

Parodiando o saudoso João Saldanha, peço licença para usar uma expressão que lhe era bem peculiar: "Meus amigos", que vitória foi essa !! Os cruzmaltinos chegaram em Floripa iluminados e nem tomaram conhecimento do adversário, conquistando uma boa vitória por 2 a 0, sobre o Avaí. O time catarinense que andou tirando onda na Copa do Brasil, sucumbiu diante do futebol envolvente de Felipe, Diego Souza, Éder Luis e Cia.

A vitória cruzmaltina foi desenhada logo na 1ª etapa, com um gol aos 4 min de jogo. Felipe cobrou falta levantando a bola sobre a área, Diego Souza subiu para cabecear, mas o zagueiro Revson do Avaí, resvalou de cabeça, jogando a bola contra o seu próprio gol, fazendo Vasco 1 a 0.

A partir do gol do vascaíno, o time do Avaí se perdeu em campo, enquanto o Vasco mostrava toda sua superioridade técnica. Liderados por Felipe e Diego Souza, o time cruzmaltino criava jogadas de perigo a todo momento, ora com chutes de fora da área ou em jogadas de penetração.

Depois de boa jogada de Allan, Diego Souza quase ampliou o placar, mas a zaga do Avaí desarmou o meia vascaíno, em um lance bastante polêmico, onde os jogadores reclamaram pênalti. Éder Luis levava o Vasco ao ataque em velocidade como um verdadeiro rolo compressor. Enquanto isso, Felipe organizava o meio de campo com muita qualidade técnica.

O segundo gol estava maduro, até que aos 34 min, Alecsandro arrancou pelo meio em boa jogada e deu ótimo passe para Diego Souza, que com categoria tocou por cima do bom goleiro Renan, fazendo Vasco 2 a 0, para delirio da Nação Vascaína.

No 2º tempo o Vasco recuou atraindo o adversário para o seu campo. Mas o time do Avaí era pouco criativo e errava muitos passes, o que favorecia o desarme  da defesa vascaína. Por sua vez, com o time bem postado em campo, os cruzmaltinos continuavam levando perigo ao gol adversário, através de arrancadas de Diego Souza, Éder Luis e Ramon.

De tanto correr Ramon e Éder, acabaram sentindo contusões e foram substituidos por Marcio Careca e Bernardo, respectivamente. A partir da metade da segunda etapa, a torcida vascaína passou a gritar olé, cada vez que o time recuperava a posse de bola.

As vezes em que o Avaí conseguia chegar próximo a área do Vasco, esbarrava nos volantes ou na zaga cruzmaltina, onde Dedé, se destacava com uma raça impressionante. Mas os vascaínos estavam iluminados e ainda tiveram tempo para fazer mais um bonito gol, com Alecsandro, que foi anulado erradamente, pois o jogador estava em posição legal.

Pouco depois, o juiz Leandro Pedro Vuaden encerrou a partida. Os jogadores do Vasco se abraçaram e foram comemorar a classificação para final da Copa do Brasil, com a grande torcida vascaína, que se fazia presente no estádio da Ressacada, em Floripa.

3 comentários:

  1. Haja coração pra tanta emoção. Esse time do Vascão foi sensacional. Ganhamos um jogo que muitos não acreditavam, mas eu sempre digo, o Vasco joga melhor fora de casa e vem provando isso a cada partida. Vamos lá Vascão !! Rumo a Libertadores !!

    ResponderExcluir
  2. Vascoooooooooo.. comoo eu te amooo, mais uma vez nos deu umm grandee orgulho, mais uma vitoria, estamoss na final..... A TAÇAA É NOOSSA...
    Da-le, Da-le ó meuuu Vasco... (L''

    ResponderExcluir
  3. O Ricardo gomes deu uma aula tática e o time todo foi muito bem, depois daquele chapéu do Diego Souza a torcida do Avai se levantou e foi embora. O trem bala da Colina passeou em floripa e agora é entrar contudo e não deixar esse titulo escapar.

    Marcelo Silveira - Rio do Sul/SC

    ResponderExcluir