✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco cede empate ao Flu e perde chance de ser vice-líder

Juninho Pernambucano abriu o placar, cobrando pênalti para o Vasco

No dia do seu aniversário de 113 anos, o Vasco teve a oportunidade de dar de presente a vice-liderança do Campeonato Brasileiro à sua torcida. No entanto, o empate em 1 a 1 com o Fluminense, neste domingo, impediu a subida dos cruzmaltinos na tabela. Com o resultado, a equipe vascaína segue na quarta posição com 34 pontos, (atrás do São Paulo no saldo de gols), Flamengo (com 35 pontos) e Corinthians (com 37 pontos).

Diante de um pequeno público no Engenhão, Vasco e Fluminense fizeram clássico equilibrado na maior parte do tempo. Juninho Pernambucano, de pênalti, abriu o placar aos 36 min do primeiro tempo, com Rafael Moura, de cabeça, empatando aos 15 min da etapa final.

O Jogo

Os dois times mostraram velocidade na etapa inicial e criaram algumas chances de gol. Com Fred de titular ao lado de Rafael Moura, o Fluminense assustou primeiro e chegou duas vezes justamente com o camisa 9, de novo em paz com a torcida. Ele tentou de primeira após cruzamento de Mariano aos 10min e ainda arriscou um voleio dois minutos depois. No entanto, errou o alvo em ambas as ocasiões.

Do outro lado, o Vasco teve Éder Luis como jogador mais perigoso. Movimentando-se bem, o veloz atacante deu trabalho à defesa adversária e parou duas vezes em defesas de Diego Cavalieri. O Fluminense voltou a atacar e reclamou da arbitragem quando aos 30min, Fred chutou, e a bola bateu no braço de Renato Silva, mas o árbitro, em cima do lance mandou o jogo seguir.

Minutos depois, a equipe cruzmaltina abriu o placar justamente em uma penalidade. Aos 36min, Gum se atrapalhou ao tentar cortar cruzamento e a bola sobrou para Alecsandro, que foi deslocado por Márcio Rosário dentro da área. Juninho Pernambucano cobrou e marcou o seu primeiro gol em um clássico, após retornar ao futebol brasileiro. Nos acréscimos, em bela jogada individual, Diego Souza por pouco não ampliou a vantagem para o Vasco.

O segundo tempo começou movimentado, com as duas equipes atacando e os goleiros aparecendo bem. Fernando Prass salvou o Vasco após chute de Fred que resvalou na defesa e viu Juninho tirar quase em cima da linha uma boa cabeçada de Gum. Na sequência, Éder Luis chutou forte, obrigando Diego Cavalieri a praticar uma linda defesa.

Em vantagem no placar, o Vasco foi se fechando com o passar do tempo e apostou nos contra-ataques. Mas a tática não deu certo. Aos 15min, Carlinhos cruzou para área e Rafael Moura subiu de cabeça para empatar. Logo depois, Ricardo Gomes, que havia sacado Julinho, lesionado, no primeiro tempo, colocando Eduardo Costa em seu lugar, gastou as duas últimas alterações. Juninho Pernambucano e Éder Luis, cansados, deram lugar a Leandro e Bernardo, respectivamente.

O jogo continuou aberto, com as duas equipes buscando o gol. O Fluminense, quase sempre rondando a área cruzmaltina, abusava dos cruzamentos. No entanto, a defesa do Vasco mostrava segurança, neutralizando as investidas tricolores. Quase no final, por muito pouco, os cruzmaltinos não conseguem a vitória. Fágner cruzou com efeito e ia surpreendendo Diego Cavalieri, que de ponta de dedo, evitou o gol, garantindo o resultado de empate em 1 a 1.

Um comentário:

  1. Foi um bom jogo, onde as duas equipes buscaram o gol a todo instante. Depois de fazer o seu gol, o time do Vasco cedeu espaço para o Fluminense, que acabou chegando ao empate merecidamente.

    ResponderExcluir