✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco derrota o Palmeiras na estreia da Sul-Americana

Diego Souza fez o gol que abriu o caminho da vitória

Com gols de Diego Souza e Élton, ambos resultantes de cruzamentos, o Vasco venceu o Palmeiras por 2 a 0, nesta quinta-feira, jogando em São Januário, e abriu boa vontagem no confronto entre as duas equipes pela Copa Sul-Americana. O time carioca agora pode perder por até dois gols de diferença na partida de volta, no dia 25, em São Paulo.

Vasco e Palmeiras entraram em campo com alguns desfalques, no primeiro dos três confrontos consecutivos que farão nos próximos dias. Os times voltarão a se enfrentar no domingo, pelo Brasileiro, em São Januário, e no dia 25, em São Paulo, no jogo de volta da Sul-Americana.

Valdivia, pelo clube paulista, e Dedé, do clube carioca, estiveram ausentes por estarem a serviço de suas seleções nacionais. O treinador Ricardo Gomes preferiu ainda poupar Alecsandro, que sequer foi relacionado, Felipe e Éder Luís, que iniciaram o jogo no banco de reservas.

Logo no início, o time de Felipão tentou buscar o ataque, e criou chances com Kléber e Luan nos primeiros minutos. O Vasco, porém, conseguiu rapidamente neutralizar as investidas do adversário e equilibrar o jogo. Aos 6min, Marcos teve que se esticar para defender chute forte de Bernardo de fora da área.

Aos 15min, a equipe alviverde chegou perigosamente com Patrik, que recebeu cruzamento de Maikon Leite, mas o jogador estava impedido. Aos 27min, Marcos Assunção cobrou falta na área e a bola foi desviada por Thiago Heleno, de cabeça. Atento, Fernando Prass se esticou fazendo grande defesa.

O movimentado primeiro tempo reservou ainda outros lances de efeito, que não foram concretizados em gol, graças às boas atuações de Marcos e Fernando Prass. Aos 31min, Rômulo acertou chute perigoso. Dez minutos depois, Patrik respondeu para o Palmeiras com uma boa finalização.

As duas equipes se empenhavam em criar jogadas, mas o placar acabou sendo aberto quase que "sem querer" em São Januário. Aos 42min, Bernardo cobrou escanteio do lado esquerdo. A zaga palmeirense estava mal posicionada, a bola desviou em Henrique, e na sequência, bateu no peito de Diego Souza, indo morrer no fundo do gol, fazendo, Vasco 1 x 0.

No início da etapa final, o rimo diminuiu. Aos 13min, Ricardo Gomes promoveu a primeira substituição, colocando Felipe no lugar de Jumar. A mudança pareceu surtir efeito, à medida em que o Vasco trocava passes, ia cadenciando o jogo, e conseguia manter o resultado com tranquilidade.

Percebendo a passividade da sua equipe, Felipão trocou Maikon Leite por Dinei. Aos 22min, foi o próprio Dinei que apareceu na área, cara a cara com Fernando Prass e desperdiçou boa oportunidade de empatar. Foi o suficiente para que os paulistas crescessem na partida.

Aos 24min, Marcos Assunção levantou bem a bola e encontrou Dinei na área. De cabeça, o atacante concluiu para o gol, mas o bandeirinha assinalou o impedimento.

Tentando tornar a equipe mais ofensiva, Felipão promoveu a entrada de Maurício Ramos no lugar de Henrique. Por sua vez, Ricardo Gomes, tentando segurar o resultado, tirou o autor do gol, Diego Souza, e coloco do zagueiro Victor Ramos em seu lugar.

O Palmeiras ainda teve uma cobrança de falta com Marcos Assunção, mas acabou sofrendo mais um gol, aos 33min, quando o Vasco chegou bem ao ataque pela direita. Leandro foi a linha de fundo e cruzou para área, Elton se antecipou ao zagueiro e de cabeça, ampliou o placar, garantindo a vitória de 2 x 0, sobre o time paulista.


Fonte: O Dia on line

6 comentários:

  1. No 1º, dos três confrontos entre Vascão e Verdão, os cruzmaltinos levaram a melhor. O jogo não foi dos melhores, mas espero que no domingo tenhamos uma partida mais emocionante pelo Brasileirão.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela vitória amigão, o Vasco foi melhor o tempo todo e mereceu o resultado. 2 a 0 foi um resultado maravilhoso pensando no jogo de volta. Grande abraço, vlw!

    ResponderExcluir
  3. Roberto, ainda é cedo para comemorar, o Vasco abriu uma boa vantagem, porém não é irreversível, mas acho q vcs tem grandes chances, jogar em SP é difícil, mas é só ter tranquilidade e calma na hora de decidir. Vlw!

    ResponderExcluir
  4. Não gostei da atuação do Vasco, recua demais, é mt disperso, erra passe facil, devolve muito a bola pro adversário. Nao sei se o Palmeiras estava so num dia ruim, pq se aquilo for o normal do time, é de assustar! Temos q tirar chapeu pro Rodrigo Caetano, o Vasco tem 2 times! Elenco sensacional.

    ResponderExcluir
  5. O Ricardo Gomes está fazendo um bom trabalho no Vasco. No SP ele já tinha ido bem, chegou até a semifinal da libertadores e por pouco não chegou na final. Agora o Palmeiras parece que não tem jeito. De 30 anos pra cá é coadjuvante ( tirando era Parmalat ). Parece que gostaram de ser e continuarão sendo. Infelizmente para o Palmeirense sobra só a história ( bem antiga diga-se de passagem ).

    ResponderExcluir
  6. Como todo jogo de futebol, sem interferencia de juizes, o que é dificil atualmente, ganhou quem mereceu. A torcida do Vasco deve comemorar, e a do Palmeiras, pode até protestar, mas não com pichação de muros, destruição de carros e outras baixarias. Deve protestar simplesmente não indo aos estadios e em caso de ida sem manifestação alguma, nem vaia nem aplauso, o silêncio é a pior punição para que nem merece outra coisa.

    ResponderExcluir