✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Mistão do Vascão arrasador. Ô Ô Ô Ô Aurora !!

Não perca a conta: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8. Ô Ô Ô Ô Aurora !!

Numa partida em que Alecsandro viveu todas as emoções possíveis e que Bernardo e Juninho fizeram a diferença, o Vasco goleou o Aurora por 8 a 3, em São Januário, e garantiu a vaga nas quartas de final da Sul-Americana. A torcida, que passou duas semanas ouvindo provocações dos rivais cariocas, acabou o jogo cantando: “Se você fosse sincera, ô ô ô ô Aurora!”. Na próxima fase, o Vasco enfrenta o Universitario, do Peru.

A primeira aparição de Alecsandro no jogo foi aos 12 minutos, quando teve um gol anulado corretamente. Mas, antes, Bernardo roubou a cena, marcando um golaço. Aos oito, o meia jogou por entre as pernas do zagueiro, deu um giro no melhor estilo Zidane e soltou a bomba.

Tudo levava a crer que a vantagem do jogo de ida seria revertida tranquilamente. Isso até Alecsandro perder um gol incrível, após passe de Juninho, aos 15. No contra-ataque, o time boliviano empatou: Douglas tentou tirar de carrinho, mas a bola bateu na canela de Andaveris e entrou.

A partir daí, o camisa 9 do Vasco passou a ser muito vaiado. Aos 34, Alecsandro aproveitou rebote do goleiro e, quando a bola ia entrando, Andaveris salvou. Um minuto depois, ele acertou o travessão. Parecia que a noite não seria de Alecsandro. Só parecia. Porque, aos 38, Juninho cobrou falta e ele, de cabeça, quebrou o jejum de mais de três meses sem marcar. Após Galindo ser expulso, o Vasco apertou mais a marcação, chegando ao terceiro, aos 42. Alecsandro, de novo, de cabeça, guardou.

No segundo tempo, os cruzmaltinos não precisaram de mais de três minutos para fazer o quarto. O camisa 9 apareceu mais uma vez e deu ótimo passe para Leandro marcar. Aos 22, Fagner foi puxado dentro da área. Pênalti, que Alecsandro pediu para bater, mas não foi autorizado por Juninho, que cobrou à direita do goleiro e fez 5 a 1.

O Aurora, que parecia morto, ressuscitou três minutos depois. Peña, de pênalti, diminuiu o placar, mas por pouco tempo. Aos 32, Bernardo marcou seu segundo gol e, aos 36, Douglas fez o sétimo. Segovia ainda marcou outro para os bolivianos e Allan fechou o placar: 8 a 3. Quando o jogo acabou, Alecsandro teve o nome gritado pela torcida vascaína.

Um comentário:

  1. O que Bernardo e Juninho PE, fizeram em campo, foi brincadeira. O Mistão do Gigante da Colina, brincou de jogar futebol, contra os esforçados jogadores do ... Ô Ô Ô Ô Aurora !!

    ResponderExcluir