✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco esbarra na retranca tricolor e fica no 0 a 0.

Eder Luis foi sempre marcado de perto pelos são paulinos 

São Januário recebeu um público de 25 mil pessoas na tarde deste domingo, com o torcedor vascaíno marcando presença desde cedo no estádio e acreditando em mais uma vitória. Mas o campeão da Copa do Brasil, desfalcado de Fágner e Diego Souza, não repetiu contra o São Paulo as boas atuações que fizeram do time carioca o líder da competição.

O clássico começou quente. Com apenas dez segundos, Carlinhos Paraíba cometeu violenta falta em Allan. O árbitro o advertiu com cartão amarelo. Só que foi o mesmo o jogador quem quase abriu o placar para os são-paulinos um minuto depois. Num chute de fora da área, o meia chutou forte, no alto, obrigando Fernando Prass a difícil defesa.

O Vasco, tinha mais ação das jogadas. Tocava a bola com Juninho Pernambucano e Fellipe Bastos e ainda explorava o lado esquerdo com Felipe, que vez por outra se revezava com Jumar e atacava como um meia. Aos 13 minutos, Após passe de Felipe, Juninho arriscou na entrada da área. Chute forte, e boa defesa de Denis.

Quando vinha ao ataque, o São Paulo oferecia perigo ao gol de Prass através de Lucas e William. E num rápido contra-ataque, o atacante ajeitou para finalizar com a perna direita. Prass bateu roupa e Renato Silva chegou antes da conclusão de Lucas, isolando para escanteio. No lance seguinte, o Vasco respondeu com Elton, mas Denis fez bela defesa no canto esquerdo.

O atacante vascaíno ainda teve a última chance do primeiro tempo antes do apito final. Depois de receber de Fellipe Bastos, Juninho cruzou e Elton, de peixinho, tentou surpreender o goleiro do São Paulo, mas sem equilíbrio, mandou para fora.

Na volta para o segundo tempo, o Vasco foi com tudo para cima do São Paulo. E por pouco Allan não abriu a contagem. Denis, atento, salvou. O placar eletrônico já havia anunciado o gol do Avaí contra o Corinthians, no Pacaembu. Cabia, então, ao Vasco vencer a partida para colocar cinco pontos de vantagem sobre o time paulista.

Impaciente, a torcida começou a pedir Bernardo. Mas quem acabou entrando de imediato foi Nilton, substituindo Juninho, que saiu de campo com dores na panturrilha direita. Só que depois Cristóvão atendeu os apelos da torcida colocando Bernardo no lugar de Jumar.

O Vasco só não saiu com a vitória, por quê goleiro Denis estava em uma tarde muito inspirada. Com duas defesas milagrosas, em duas cabeçadas de Elton, Denis evitou a derrota são paulina. Cristóvão ainda mandou o time à frente, mas a retranca armada pelo técnico Leão, não permitiu que o placar fosse alterado.

Nenhum comentário: