✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Daniel Freitas, mais uma boa solução caseira no Vasco

Daniel Freitas, segue como diretor executivo do Vasco

A pressão manifestada pelos torcedores nas redes sociais da internet e a opinião de alguns dirigentes e conselheiros vascaínos contra o nome de Ocimar Bolicenho, surtiram efeito. Não conheço a pessoa do Ocimar, mas pelo seu histórico, entendo que foi melhor assim. Mais uma vez a voz da torcida cruzmaltina foi ouvida, como aconteceu em episódio recente, com a rejeição ao nome de Antonio Carlos Zago, para técnico do Vasco.

O cargo de diretor executivo está sendo ocupado, interinamente, pelo supervisor Daniel Freitas desde a inesperada saída de Rodrigo Caetano no final de 2011. Freitas que é formato em Educação Física e pós-graduado em Gestão Esportiva pela F.G.V, era o braço direito de Rodrigo Caetano e goza da simpatia dos jogadores do Vasco. Ele continua no cargo durante a pré-temporada, e pelo que tenho observado tem todas as condições de ser efetivado.

Sem fazer alarde, Freitas já fechou as contratações do zagueiro Rodolofo e do lateral-esquerdo Thiago Feltri. Enquanto isso, o presidente Roberto Dinamite e sua diretoria vão decidir se ficarão em definitivo com Daniel Freitas ou contratarão outro profissional para o cargo.

A aceitação do nome de Freitas junto aos jogadores, ficou comprovada, quando o meia Felipe do Vasco, voltou de férias dos Estados Unidos. O craque cruzmaltino, um dos líderes do grupo, chegou a sugerir o nome de Daniel Freitas para assumir o cargo como uma solução caseira.

- O grupo é forte, e vai receber bem o substituto de Rodrigo Caetano e ajudar. Não sou presidente, mas se fosse, eu não contrataria ninguém. Existem pessoas dentro do Vasco que podem assumir essa função. Tem o Daniel Freitas, supervisor de futebol, o Bruno Coev, supervisor de patrimônio e o Fabiano Lunz, supervisor de logística. Acho que o Vasco poderia investir em reforços para o grupo, afirmou Felipe.

Assim como aconteceu com o técnico interino Cristovão Borges, ainda que em situação diferente, Freitas tem hoje grandes possibilidades de dar certo no Vasco. Na minha opinião, a diretoria deve dar uma chance a esse profissional, que além de já conhecer o Vasco e ter trabalhado diretamente com Rodrigo Caetano, vem demostrando que é competente e não inflacionaria tanto a folha salarial do clube.

2 comentários:

  1. Acho que o Vasco está perdendo o foco na busca de novos reforços, já que está preocupado em fehcar logo com o novo diretor executivo... e nosso Maestro Felipe, já comentou que temos excelentes profissionais já trabalhando no Vasco, que além de conhecerem o elenco, realidade do time, tem um excelente convivio com funcionarios e demais.
    Precisamos de reforços para a libertadores, não de um diretor executivo, vamos promover um profissional que seja merecedor. abraço

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente com o Felipe. "Existem pessoas dentro do Vasco que podem assumir essa função". O Daniel Freitas tem formação e competência pra isso. Creio que nesse momento deveríamos direcionar os recursos financeiros do clube, para contratar bons jogadores e fortalecer o elenco para fazer bonito na Libertadores.

    ResponderExcluir