✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco vence mais uma e segue líder invicto no Campeonato Carioca

Diego Souza fez os dois gols e foi o nome do jogo 
De volta a Colina pela primeira vez em 2012, o Vasco contou com o talento de velhos conhecidos para superar por 2 a 0, neste domingo, a aplicação tática do Friburguense e deixar São Januário com a quarta vitória seguida. Após boa atuação de Juninho e Diego Souza, autor dos dois gols, o time de Cristóvão Borges disparou na liderança do Grupo B, com 12 pontos, embalando de vez na Taça Guanabara.

A nova camisa azul foi o único atrativo de um início sonolento e em que o Friburguense esteve mais perto do gol. O Frisão adiantava a marcação e impedia que o Vasco saísse. Após pressão inicial, o primeiro lance de perigo ocorreu aos 13 minutos. Sérgio Gomes lançou Ziquinha, que rolou para Jorge Luiz completar rente à trave. Três minutos depois, Diego Guerra desperdiçou chance após pane da defesa.

Com mais posse de bola, o Friburguense dava um nó no Vasco, que não conseguia passar do meio-campo. O primeiro chute dos donos da casa só saiu aos 24, com Alecsandro. O goleiro Marcos se atrapalhou, mas conseguiu segurar.

A partir daí, o Vasco despertou e quase marcou aos 32, quando Feltri cruzou da esquerda e Diego Souza escorou de cabeça, para fora. Febril desde quarta-feira, Diego Souza teve que usar outra vez a cabeça, mas, agora, com eficiência, para esquentar o jogo. Juninho cobrou escanteio, ele subiu mais alto que a zaga e abriu o placar antes do fim da etapa. Gol e comemoração dedicados à filha Manuela, no estilo "Bebeto nana neném".

O Vasco dominava o meio e chegava com mais qualidade. No entanto, foi o talento de Juninho que fez a diferença. O Reizinho enfiou linda bola longa para Diego Souza, que só teve o trabalho de ajeitar e tocar para a rede: 2 a 0, aos 14.

O segundo tempo era todo do Vasco. O time da Colina controlava as ações e anulava a criatividade rival. A confiança era tanta que Diego Souza fez fila, deu drible da vaca, mas perdeu a bola. Perto do fim, Juninho deu lugar a Bernardo e foi aplaudido de pé. Alecsandro ainda perdeu duas chances, mas a vitória do talento sobre a aplicação estava selada e os cruzmaltinos sairam de campo mais uma vez apludidos pela torcida, conquistando o quarto triunfo seguido na competição.

Nenhum comentário: