✠ Bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Seja Um Sócio Torcedor Gigante do Vascão ✠ Sua participação vai ajudar a patrocinar o Clube do seu Coração ✠ Clique no link abaixo ✠
https://socio-vasco.futebolcard.com/
Clique na Imagem

1.2.12

Cristóvão troca de maestro e escala Felipe contra o Bangu

Felipe entra no lugar de Juninho 
O planejamento para a estreia na Libertadores, semana que vem, contra o Nacional, continua a todo o vapor em São Januário. Nesta terça-feira, o técnico Cristóvão Borges, para preservar Juninho, vetou o jogador da partida desta quarta contra o Bangu e revelou que Felipe, que enfim começará a ganhar ritmo, voltará a ser o maestro no meio de campo.

Último atleta a se apresentar em Atibaia, Felipe ficou fora da estreia por estar com um incômodo no joelho direito e, relacionado contra o Duque de Caxias, não entrou por causa das más condições do gramado devido à forte chuva que caiu em Macaé.

Ao falar sobre a saída do Reizinho da Colina do time, o técnico Cristóvão Borges afirmou que já estava dentro do estipulado pela comissão técnica o jogador ficar fora da terceira rodada da Taça Guanabara.

“A ausência do Juninho fazia parte do planejamento, mas as chuvas ajudaram a nossa decisão. Estipulamos que o Juninho atuaria em dois jogos seguidos e ficaria essa semana inteira trabalhando, como se estivesse em ritmo de pré-temporada. Esse tipo de trabalho é bom para preparar o jogador, dar mais força e condições de ele estrear melhor na Libertadores”, disse.

Sobre Felipe, Cristóvão reconheceu que o andamento da disputa vai determinar o tempo que o jogador ficará em campo.

“No caso do Felipe, o mais importante é colocá-lo logo para jogar. Não posso estipular o tempo que ele vai ficar em campo, pois existem várias variáveis em uma partida. Ele está em condições de jogar e isso é o mais importante no momento”, avaliou.


Fonte: O Dia online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Assista os jogos do seu time ao vivo em nosso site.
Deixe seu comentário e vote no Top 30.