✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco vence fácil o Volta Redonda e garante o 1º lugar no Grupo B

Estrela do artilheiro brilhou novamente
Em ritmo de treino, com todos os gols marcados no primeiro tempo, o Vasco venceu o Volta Redonda por 3 a 0 nesta quarta-feira, em São Januário, e garantiu a primeira colocação do Grupo B, com 18 pontos. Alecsandro (dois) e William Barbio, marcaram os gols do Gigante da Colina, o único time com 100% de aproveitamento no Estadual.


Apesar do resultado tranquilo, foi o Volta Redonda que atacou no início do jogo. Em três minutos, a equipe perdeu duas boas chances, com Marquinhos e Joabe. Em jogo aberto, a resposta dos vascaínos saiu aos 12 minutos, quando Barbio arrancou do meio-campo e só parou na defesa do goleiro Douglas.

Após o susto inicial, o Vasco se reorganizou e encurralou o Voltaço. O resultado foi imediato e o time fez dois gols em dois minutos. Aos 14, Fellipe Bastos cruzou, o goleiro desviou e a bola sobrou para Alecsandro botar na rede. Logo depois, o camisa 9 deu ótimo passe para Barbio fazer seu primeiro gol com a camisa vascaína.

Mesmo deslanchando no placar, o Vasco não esmoreceu e continuou pressionando. Barbio era o nome da partida e entortava os rivais em velocidade. No entanto, num momento de desatenção, Glauber ficou cara a cara com Prass, que defendeu com o pé.

Aos 38 minutos, veio o golpe de misericórdia no esforçado Volta Redonda. Robson derrubou Thiago Feltri na área. Na cobrança do pênalti, Alecsandro fez seu sétimo gol na competição.

Na segunda etapa, o Vasco manteve o domínio, e Alecsandro só não marcou o quarto porque a bola cruzada por Barbio caprichosamente tocou em sua coxa e saiu pela linha de fundo. Satisfeito, o Vasco tirou o pé do acelerador, mas seguiu desperdiçando oportunidades.

Disposto a dar um choque na equipe, o técnico Ricardo Drubscky fez três alterações no Voltaço e, ao menos, equilibrou as ações. Pior mesmo levou o Vasco, que perdeu Barbio, machucado, aos 17, e desarticulou seu ataque com a entrada de Kim.

O próprio Kim ainda tentou levar a equipe à frente, mas sem sucesso. Restou ao Gigante da Colina gastar o tempo e segurar o ímpeto do Voltaço, principalmente nas cobranças de falta. No fim, foi só comemorar os 100% no Carioca, para felicidade da nação vascaína.

Um comentário:

  1. Mais uma boa vitória do time cruzmaltino, que mesmo poupando alguns de seus titulares, venceu o jogo com extrema facilidade.

    ResponderExcluir