✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco vence o Bangu e assume a liderança do Carioca

Alecsandro abriu o placar com gol de pênalti
Os jogadores do Vasco honraram a palavra e, mesmo com o boicote à concentração, foram a Moça Bonita e derrotaram o Bangu por 3 a 1, na tarde desta quarta-feira, pelo Campeonato Carioca. Foi a terceira vitória em três jogos neste estadual. Com nove pontos, o time lidera o Grupo B da Taça Guanabara, que corresponde ao primeiro turno da competição.

Os gols foram marcados por Alecsandro, Thiago Feltri e Bernardo. Tiano descontou para os donos da casa. O próximo compromisso do Vasco será no domingo, em São Januário, contra o Friburguense. Será, aliás, o reencontro da equipe com seu estádio, que desde o começo de dezembro estava em reforma. O boicote à concentração foi um protesto aos salários atrasados.

O técnico Cristóvão Borges optou por Bernardo no meio, dando ao time uma postura mais ofensiva. Mas antes mesmo de se encontrar em campo, o Vasco precisou superar o péssimo estado do gramado. Havia quatro tipos diferentes de grama, e algumas delas pintadas de verde. No começo, foi difícil controlar a bola.

O Bangu começou ameaçando. Aos três minutos, Bruno Carvalho recebeu de Mayaro e invadiu a área pelo lado esquerdo de ataque. O chute saiu cruzado e foi defendido por Alessandro, que fazia sua estreia no gol, já que o titular Fernando Prass, com um corte no joelho esquerdo, desfalca a equipe por duas partidas. No rebote, Tiano emendou para fora.

O forte calor também foi outro adversário do time de São Januário. Bangu, na Zona Oeste, é o bairro mais quente do Rio. Antes de a bola rolar, os termômetros marcavam 41 graus. O time de Moça Bonita nem parecia, no começo, o das rodadas iniciais, quando sofreu duas derrotas e demitiu o técnico Marcão – ex-jogador do Fluminense.

Na única vez que o Vasco chegou à área adversária, Felipe, em jogada individual, teve a chance de marcar, mas o goleiro fechou bem o ângulo. O troco do Bangu veio novamente com Bruno Carvalho. Só que mais uma vez Alessandro, bem posicionado, praticou boa defesa.

Mas aos 22 o Vasco abriu o marcador. Após cruzamento de Diego Souza, a bola tocou no braço de Abílio dentro da área. Pênalti, que Alecsandro cobrou e converteu: bola no canto direito do goleiro. Na comemoração, ele, Dedé, Fellipe Bastos e Diego homenagearam Manuela, filha do camisa 10, que nascera na manhã desta quarta. Foi o terceiro gol de Alecsandro em três jogos este ano.

Não demorou muito e o Vasco chegou ao segundo gol. Felipe, que substituiu Juninho Pernambucano, poupado, deu ótimo passe para Fagner, na direita. O lateral serviu a Thiago Feltri, que só teve o trabalho de empurrar para a rede, aos 27 Foi o primeiro gol do recém-contratado.

Aos 31 minutos, o jogo precisou ser paralisado já que a polícia precisou usar gás de pimenta para conter a revolta de alguns torcedores que forçavam a entrada no estádio. Como o campo é acanhado, o gás atingiu alguns atletas que se queixaram de ardência nos olhos e na garganta.

Após cinco minutos de bola parada, o jogo reiniciou. E o Bangu descontou. O árbitro viu falta de Thiago Feltri em Fabinho que caiu sozinho na área e assinalou pênalti. Tiano, aos 37, cobrou e diminuiu: bola no canto esquerdo de Alessandro.

Bernardo, que tivera atuação apagada no primeiro tempo, voltou melhor na segunda etapa. E aos 13 minutos, ao melhor estilo Juninho Pernambucano, ele cobrou falta com perfeição no ângulo esquerdo do goleiro, que ainda se atirou na bola, mas sem conseguir evitar o terceiro gol cruzmaltino.

A partir daí, o time de São Januário passou administrar o resultado. Houve ainda uma chance para cada lado. Mas Alecsandro e Tiano não souberam aproveitar a oportunidade.

Um comentário:

  1. Mais uma grande vitória do Gigante da Colina que segue líder e invicto no Campeonato Carioca 2012.

    ResponderExcluir