✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Vasco volta ao "caldeirão" de São Januário em alto estilo

Caldeirão reabre renovado e em alto estilo
Depois de dois meses fechado, o "caldeirão" de São Januário enfim, reabre seus portões, hoje, às 17:00 hs, para receber Vasco e Friburguense. Com um gramado totalmente renovado, os alambrados trocados por vidros temperados, as arquibancadas com nova pintura, tribunas de honra com novas poltronas, um vestiário para os juízes em alto estilo e mais um telão digital que deve ficar pronto daqui a dez dias, os cruzmaltinos voltam a sua casa depois de disputarem três partidas fora.

Ano passado, o estádio foi um dos grandes trunfos do Vasco. O time disputou 32 partidas juntando o Campeonato Carioca, a Copa do Brasil, a Sul-Americana e o Campeonato Brasileiro. Do total, venceu 20 compromissos, empatou 10 e perdeu apenas dois - para o Resende, no Estadual, e o Cruzeiro, no Brasileirão. Um aproveitamento de 72,9%, que o time espera, no mínimo, repetir esta temporada.

Para o atacante Alecsandro, que já marcou três gols na competição (um em cada jogo), estar novamente em casa aumenta ainda mais a motivação. Ele confia na presença e no apoio dos torcedores na partida que será, tanto para o estádio quanto para a equipe, o último teste antes da estreia na Libertadores, quarta-feira, contra o Nacional.

“Colocaram um gramado novo e eu, particularmente, gosto muito de atuar em São Januário. É nossa casa e é muito gostoso. A torcida sempre comparece e nos apoia muito. O primeiro jogo no estádio é o algo a mais que a gente ganhou”, disse o camisa 9.

No entanto, quem for a São Januário logo mais, vai perceber que parte das obras ainda não foi encerrada. O gramado, por exemplo, já poderá receber a partida, mas só chegará ao estado ideal em 10 dias. O telão digital, que será instalado no lugar do placar eletrônico, também precisará de mais 15 dias para ficar pronto. Hoje à tarde, um placar manual, feito em madeira, será utilizado. Para o duelo, o técnico Cristóvão Borges promete força máxima.

Nenhum comentário:

Ser Vasco