✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco leva susto, mas vence a primeira na Libertadores

Felipe entrou e mudou a história do jogo
O Vasco venceu a primeira partida na Copa Libertadores, contra o Alianza Lima por 3 a 2, em São Januário, nesta terça-feira, porém os três pontos conquistados, foram mais suados do que o esperado. O time peruano saiu na frente, mas o Gigante da Colina conseguiu virar, em uma noite em que nada deu certo para Alecsandro. O atacante perdeu duas cobranças de pênaltis e teve dois gols anulados.

Com a vitória, o Vasco agora soma três pontos no Grupo 5 da Libertadores e está empatado com o Nacional-URU - o líder é o Libertad (PAR) com seis pontos. Na próxima rodada, o Vasco vai encarar o Libertad, no dia 14, no Paraguai.

O Vasco levava perigo com Willian Barbio. Aos 12, o atacante chutou cruzado, mas Alecsandro não alcançou a bola na primeira oportunidade de gol do Gigante da Colina. O Alianza foi mais efetivo e marcou quatro minutos depois. Charquero aproveitou falha de Rodolfo, que errou o tempo de bola, e tocou na saída de Fernando Prass para fazer 1 a 0.

O Gigante da Colina não acusou o golpe e onseguiu empatar rapidamente. Aos 19, Diego Souza tocou para Willian Barbio na direita. O atacante cruzou e contou com a sorte: o zagueiro Ramos fez contra e empatou a partida.

O gol deu mais ânimo ao Vasco. Logo a seguir, Alecsandro marcou de cabeça, mas a arbitragem acertou ao anular, o atacante estava impedido. Alecsandro voltou a dar trabalho no fim do primeiro tempo. Alecgol tentou de letra, mas a zaga do Alianza afastou e segurou o empate.

O Vasco voltou com Felipe e Douglas nos lugares de Eduardo Costa e Rodolfo, respectivamente. O Gigante da Colina teve a chance de virar o placar logo aos três minutos em cobrança de pênalti, que resultou na expulsão de Carmona, mas Alecsandro escorregou e mandou a bola no travessão.

Com um jogador a mais e melhor tecnicamente, a virada era questão de tempo. Alecsandro quase marcou, Juninho Pernambucano acertou o travessão em cobrança de falta. Coube ao Mito colocar o Vasco em vantagem. Em escanteio cobrado por Fagner, Dedé mandou para o fundo da rede: 2 a 1.

O Vasco continuou em cima e teve mais um gol de Alecsandro anulado, em impedimento. O centro avante teve nova oportunidade de marcar, mas parou no goleiro e perdeu o segundo pênalti.

O Vasco dominava o jogo e teve o terceiro pênalti a favor. Desta vez quem cobrou foi Juninho. O Reizinho não desperdiçou, marcando o terceiro gol vascaíno. O Alianza voltou a assustar no final do jogo e diminuiu com Ibañez. Sem tempo pra mais nada o juiz apitou o final da partida, com o Vasco conquistando sua primeira vitória na Libertadores.

Nenhum comentário: