✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco empata com o Palmeiras e continua líder do Brasileirão

Jogo muito disputado entre Palmeiras e Vasco
Mesmo sem empolgar e longe de fazer uma exibição de gala, o Vasco se manteve por mais uma rodada na liderança do Campeonato Brasileiro. Com um gol de Juninho Pernambucano de falta, aos 38 do segundo tempo, o Gigante da Colina conseguiu arrancar um empate em 1 a 1 com o Palmeiras, ontem, na Arena Barueri, e continuou invicto na competição nacional.

O jogo começou morno, com as duas equipes se estudando bastante. Diante de sua torcida, o Palmeiras tomou a iniciativa: aos 3 minutos, Luan aproveitou o descuido da zaga vascaína, avançou pela direita e cruzou para João Vitor, dentro da pequena área, furar e desperdiçar a chance de abrir o placar para o time da casa.

A partir daí, o jogo se manteve equilibrado e com lances concentrados no meio-campo. A primeira chance vascaína só veio aos 13 minutos: Eder Luis recebeu de Juninho e bateu forte para a linha de fundo.

O jogo truncado fez o Palmeiras perder Luan, que deu lugar a Mazinho. Durante toda a primeira etapa o equilíbrio prevaleceu. Ambas as equipes construíam jogadas, mas pecavam no último toque.

O Vasco voltou para o segundo tempo determinado a vencer e se isolar na liderança. Mas o Palmeiras estava disposto a se recuperar no Brasileirão e, aos 10 minutos, abriu o placar. Cicinho deu um belo passe para Mazinho, que fintou Dedé e bateu cruzado sem chance para o goleiro Fernando Prass. O nervosismo tomou conta dos jogadores vascaínos. Mas os experientes Juninho e Felipe deram a tranquilidade para o time não se abalar e buscar o empate.

Aos 27 minutos, Carlos Alberto substituiu Diego Souza e reanimou a equipe carioca. Dez minutos depois, o camisa 84 avançou pela esquerda e driblou Henrique, que pôs a mão na bola. Juninho Pernambucano cobrou com perfeição e igualou o placar para o Vasco.

Empolgado, o Gigante da Colina encurralou o adversário até o fim. E, aos 43, chegou a ensaiar uma vitória: Juninho levantou a bola na área, Alecsandro, cabeceou para o fundo da rede. Mas o gol foi anulado pelo árbitro Leandro Vuaden, assinalando impedimento.

O meia entrou com vontade de mostrar serviço e de cara achou bom passe para Barcos, que chutou por cima da meta de Fernando Prass. O Vasco deu o troco aos 37min: Alecsandro trombou na área e espirrou a bola para o volante Rômulo, que chegou batendo de primeira. O chute saiu forte, mas Bruno, bem colocado, fez outra boa defesa. No contra-ataque, Cicinho escapou pela direita e cruzou rasteiro com perigo, mas a zaga carioca afastou.

Nenhum comentário: