✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Vasco vence a terceira e assume liderança do Brasileirão

Juninho foi destaque na goleada do Vasco
O Vasco entrou em campo, nesta quarta-feira, em São Januário, e goleou o Náutico, por 4 a 2, com ajuda de seus "veteranos". Com gols de Alecsandro (2), que tem 31 anos, Juninho, com 37, e Felipe, com 34, que voltou a atuar na lateral esquerda, o Gigante da Colina, conquistou mais uma vitória, e de quebra, ainda assumiu a liderança isolada do Brasileirão.

Felipe despontou para o futebol na lateral esquerda, em 1996, e, com dribles curtos, envolvia a maioria dos adversários. Cerca de 16 anos depois, com menos cabelo e velocidade, o veterano camisa 6 voltou ao setor para suprir a ausência de Thiago Feltri e não fez feio. Com a bola rolando, o maestro chegou a ser mais acionado que Fagner, que pouco avançava pela direita.

Motivado, Felipe ajudava na defesa e aparecia no ataque com a mesma desenvoltura. O Vasco, no entanto, não precisou de seu maestro para abrir o placar. Com total domínio em campo, o time do técnico Cristóvão Borges sufocou a saída de bola do Náutico, que sentiu a pressão. Aos 22 minutos, Eder Luis aproveitou o desarme de Fellipe Bastos e deixou Alecsandro livre para chutar cruzado no canto direito do goleiro. Foi o terceiro gol do centroavante em três jogos na competição

Enquanto o visitante ainda tentava se fechar para aproveitar os contra-ataques, o Gigante da Colina apostou no talento de seus jogadores. Foi aí que Felipe brilhou. Aos 35, o jogador aproveitou bem sua experiência e no único instante em que abandonou a lateral esquerda no primeiro tempo, ampliou o placar. O camisa 6 recebeu no meio, limpou o lance e, sem marcação, chutou forte no ângulo.

Nem mesmo quando falhou, o veterano foi punido. Na volta do intervalo, aos 12 minutos, Felipe deixou Rhayner subir sozinho para cabecear. Porém, Fernando Prass, fez linda defesa. Quatro minutos depois, Juninho ampliou. O Reizinho recebeu passe açucarado de Diego Souza, dominou na grande área e finalizou de esquerda.

O Náutico diminuiu com Martinez. No entanto, Alecsandro fechou o caixão aos 23 minutos. Com um passe açucarado de Felipe, o camisa 9 apenas tirou do goleiro para marcar o seu segundo na noite. O time pernambucano ainda diminuiu a diferença com Araújo, mas a vitória cruzmaltina já estava assegurada, com o placar final de 4 a 2 para os cariocas.

Nenhum comentário:

Ser Vasco