✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Cristóvão elogia desempenho de Wendel na vitória sobre o São Paulo

Wendel, mesmo sem ritmo, fez boa estréia 
O técnico Cristóvão Borges elogiou a atuação da equipe na vitória de 1 a 0 sobre o São Paulo, na noite desta quarta-feira, no Morumbi, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. O time todo ganhou destaque do treinador pela aplicação tática diante de um adversário difícil, que jogava em casa. Mas um jogador mereceu uma menção especial do comandante: o meia Wendel.

O jogador, contratado há nove dias, chegou a São Januário necessitando de um tempo aproximado entre duas e três semanas para tentar ficar no nível dos demais companheiros. No entanto, diante das carências no setor para esta partida, Cristóvão apressou sua estreia.

O ex-cruzeirense aceitou o pedido do treinador, e mesmo sem ritmo foi para o sacrifício diante dos são-paulinos. O Vasco não tinha Felipe (suspenso), Eduardo Costa (machucado) e Fellipe Bastos (sem registro do contrato na CBF. Wendel não negou o pedido do técnico vascaíno e pediu para jogar.

“Sabemos que a estreia dele foi precipitada. Mas como ele é disciplinado e muito profissional, se colocou à disposição. É um jogador que não fez sua pré-temporada direito este ano, e assim mesmo ele correu esse risco para nos ajudar. Wendel jogou até onde pôde. Fico feliz pela contribuição que ele nos deu”, elogiou Cristóvão Borges.

O meia ficou em campo até os 21 minutos do segundo tempo, quando deu lugar a Carlos Alberto. Com 23 pontos, o Vasco ocupa a vice-liderança da competição – a dois pontos do Atlético-MG. Neste sábado, o time entra em campo para enfrentar o Santos, às 18h30, em São Januário.

Nenhum comentário:

Ser Vasco