✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Em jogo muito disputado, Vasco perde para o Fla por 1 a 0

Juninho esteve sempre bem marcado
Com um gol de Vagner Love, o Flamengo derrotou o Vasco por 1 a 0, neste domingo, no Engenhão, em uma partida em que o resultado poderia ter sido outro, não fosse a grande atuação do goleiro rubro-negro Felipe. A vitória levou o Flamengo a 9ª posição, com 25 pontos, enquanto o Vasco se manteve em terceiro, com 35, e sem vencer há três rodadas.

Após um início de jogo em que a bola parecia queimar nos pés de cada um dos jogadores. O time  rubro-negro teve alguns lampejos, mas não chegou a ameaçar o gol adversário. Do outro lado, o Vasco mostrava mais objetividade e quase chegou lá.

Aos 19 minutos, Éder Luis arrancou da ponta para o meio e o atacante vascaíno foi derrubado por Marco González na entrada da área. Juninho cobrou a falta, mas mandou a bola para bem longe do gol defendido por Felipe.

Aos 31, na primeira boa chance de gol vascaína, o goleiro Felipe defendeu duas vezes e quase entrou com bola e tudo. Na sequência, espalmou para escanteio um bom chute de Felipe, que tinha endereço certo.

Mas o Flamengo se refez do susto e acabou surpreendendo os cruzmaltinos antes do final do primeiro tempo. Aos 37 minutos, Ramon arrancou pela esquerda puxando o contra ataque, passou por dois e chutou forte. Prass fez a defesa no susto, mas deu rebote para Vagner Love que só cutucou para o gol vazio, fazendo 1 a 0 para os rubro-negros.

Com Carlos Alberto no lugar de Felipe, o Vasco voltou para a segunda etapa com uma ligação mais rápida do meio com o ataque, já que Alecsandro havia ficado isolado na primeira parte. O Fla tinha o contra-ataque a seu favor e não abria mão de sair em velocidade.

Em sua primeira jogada, aos 11 minutos, Carlos Alberto recebeu de William Matheus e mandou a bomba de fora da área. Felipe tirou com a ponta do dedo. Pouco depois, novamente o camisa 84, quase marcou após falha do goleiro. Felipe, porém, se redimiu salvando o gol.

Mais tranquilo em campo, o Fla controlava a partida e via o Vasco se entregar ao desespero. Os vascaínos pressionavam sem objetividade, enquanto o Rubro-Negro só ia na boa. Na melhor chance, aos 38, Adryan arrancou pela esquerda e rolou para Léo Moura. O lateral, porém, caiu sentado sobre a bola e perdeu gol incrível, com Pipico tirando em cima da linha.

O Vasco ainda continuou em busca do empate, mas para sorte do Fla, a pontaria dos cruzmaltinos não estava calibrada e o resultado construído ainda no primeiro tempo, prevaleceu até o final da partida.

Um comentário:

  1. Olá,
    Tenho um blog que fala sobre os grandes do futebol paulista. Se puder, faça uma visita e deixe um comentário. Podemos estabelecer um parceria.
    grandespaulistasfutebol.blogspot.com
    Abraços

    ResponderExcluir