✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco joga com garra e empata com Náutico em Recife

Fellipe Bastos fez o gol de empate do Vasco
O Vasco foi valente, conseguiu segurar a pressão do Náutico e empatou por 1 a 1, nesta quarta-feira nos Aflitos. Desfalcado de Dedé, que está servindo a seleção brasileira; Felipe e Juninho, lesionados, coube a Fellipe Bastos imitar o Reizinho, marcando o gol vascaíno com um belo chute de fora da área.

Com o empate, o Vasco foi a 39 pontos se mantendo no G4, mas desperdiçou uma boa chance de encostar nos líderes. Na próxima rodada o Gigante da Colina recebe o Bahia, no domingo, em São Januário.

Cristóvão Borges surpreendeu e escalou um meio de campo com quatro volantes: Eduardo Costa, Fellipe Bastos, Nilton e Wendel. O Vasco não conseguia criar e o Náutico se aproveitou tentando encurralar o adversário. A insistência foi recompensada no fim do primeiro tempo. Kieza aproveitou sobra e abriu o placar nos Aflitos.

O Vasco voltou com Carlos Alberto no lugar de Eduardo Costa e Auremir na vaga de Jonas. O Gigante da Colina equilibrou as ações. E chegou ao empate com Fellipe Bastos. Inspirado em Juninho, o volante soltou uma bomba de fora da área, igualando o placar em 1 a 1.

Cristóvão se viu obrigado a fazer mais uma mudança. Auremir sentiu um problema na coxa esquerda e Luan, de apenas 19 anos, entrou em seu lugar. Como se não bastasse os desfalques e a contusão de Auremir, logo a seguir, foi a vez de Tenorio e Fellipe Bastos sentirem cãimbras. O Vasco já havia feito as três substituições, e os dois jogadores tiveram que continuar em campo, só para fazer número.

Com isso, o Vasco recuou e deu campo ao Timbu, que partiu para o ataque, mas a pressão não surtiu efeito. Os cruzmaltinos se fecharam atrás para segurar o resultado, porem quase ao final da partida, já nos acréscimos, um último lance causou polêmica. Fellipe Bastos cobrou escanteio sobre a área, Nilton pegou a bola e ao driblar o zagueiro Souza, foi derrubado dentro da área, mas o juiz Lenadro Vuaden, não marcou a penalidade clara que poderia ter dado a vitória aos cruzmaltinos.

Nenhum comentário: