✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco aposta em Carlos Alberto como referência em 2013

Carlos Alberto será referência em 2013
Sem Juninho e Felipe, referências do time, o Vasco trabalha nos bastidores pela recuperação de um dos últimos ídolos da torcida remanescentes em São Januário. Trata-se do meia Carlos Alberto, considerado fundamental na temporada 2013 por comissão técnica e diretoria.

No entendimento dos integrantes do departamento de futebol que vivem o dia a dia cruzmaltino, apenas o meia e Dedé possuem tamanha representatividade junto aos torcedores para traduzir uma referência dentro e fora de campo. Porém, Carlos Alberto deve boas apresentações há algum tempo. Tanto que pelo Cruzmaltino ainda é lembrado pela participação na conquista da Série-B.

“O Carlos Alberto é um jogador com status enorme, passou pela Europa e tem uma carreira brilhante como atleta de grande potencial. Ele precisa resgatar isso e a oportunidade está lançada. Espero que faça uma grande temporada e nos ajude bastante”, afirmou o treinador.

“Temos que fazer um time para disputar o campeonato e ser valorizado de imediato. Precisa ser desta forma. Um time para competir em qualquer lugar. Velocidade, jogadas pelos lados. Precisamos buscar o bem para a equipe, o coletivo em primeiro lugar”, explicou o técnico. Apesar da aposta, contar com referências únicas em campo está fora dos planos do comandante. Sem Juninho e Felipe, o coletivo vai determinar o comportamento do Vasco na temporada 2013.


Colaboração fora de campo

Carlos Alberto tem sido muito elogiado pelo diretor executivo René Simões. O atleta segue com salários atrasados e teve seus vencimentos desviados para outras necessidades recentes do clube. Dono de uma das maiores folhas do elenco, o meia ainda poderá ter o salário reduzido. Mas as conversas neste sentido estão paradas no momento.

“Não fiz o pagamento dele no mês passado e expliquei isso. Ele está atrás dos outros e na fila para receber, mas entendeu muito bem o processo. Reduzir o salário de um atleta não é fácil. Vamos conversar e analisar o orçamento antes de fazer qualquer coisa. O mais importante é que o Carlos Alberto está disposto a colaborar”, encerrou o dirigente.

Fonte: UOL Esporte

Nenhum comentário: