✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Vasco se classifica para decisão com vitória eletrizante sobre o Flu

Bernardo abriu o caminho da vitória
O Vasco tinha a vantagem de poder chegar à final da Taça Guanabara apenas com um empate. Contrariando a expectativa, o Cruzmaltino chegou a ficar na frente do placar, com gol de Bernardo, e, nos momentos finais, viu o Fluminense virar com Thiago Neves e Wellington Nem, mas empatou com Romário e ainda aumentou com Dedé. A vitória em 3 a 2, garantiu a classificação do Gigante da Colina.

O primeiro tempo começou prometendo para o Fluminense. O cronômetro ainda não havia chegado a um minuto quando Thiago Neves recebeu cruzamento na área, não encontrou dificuldades com a zaga cruzmaltina e finalizou, acertando a trave.

Aos nove minutos, o Tricolor teve outra boa oportunidade com Anderson, que bateu forte para o gol e atingiu o goleiro Alessandro, que acabou defendendo com a coxa. O jogo se desenvolveu sem grandes chances do Vasco, que permaneceu apagado, assistindo o Flu levar perigo em determinados momentos.

O primeiro lance de risco do time da Colina só chegou aos 34 minutos, quando Pedro Ken iniciou contra-ataque, lançou para Eder Luis, mas viu Cavalieri pronto para afastar o perigo. O time voltou a assustar pouco tempo depois, de novo em contra-ataque, mas Carlos Alberto pedeu a jogada em um drible já dentro da área. Bernardo ainda recuperou e bateu de longe, para defesa do goleiro tricolor.

A partir do lance, o Vasco arrumou a marcação e começou a se recuperar em campo, mas já era tarde para fazer mudar o cenário da primeira etapa, que terminou sem gols e com poucas emoções.

Para o segundo tempo, Abel Braga optou por tirar Bruno e lançar Wellington Silva na lateral direita. O substituto, no entanto, foi o responsável pelo falha que deu ao Cruzmaltino uma das maiores chances da partida. Carlos Alberto chegou à entrada da área com Bernardo, Eder Luis e Pedro Ken, contra apenas dois defensores tricolores. O atacante demorou para tocar a bola e Bernardo chutou para defesa de Cavalieri.

Em outra falha do Fluminense, Gum perdeu a bola para Eder Luiz, que avançou pela direita e cruzou para Bernardo tocar para o fundo da rede. O Tricolor reagiu com Thiago Neves, que empatou após lateral cobrado por Carlinhos aos 32 minutos. Menos de três minutos depois, Wellington Nem virou o placar.

A vitória do Tricolor das Laranjeiras parecia definida quando, aos 39, Dakson cruzou para Romário, que havia acabado de entrar substituido Thiago Feltri e mandou de cabeça para o gol. O novo empate já classificaria o Cruzmaltino, mas o time da Colina ainda arranjou tempo para aumentar com Dedé. Bernardo cruzou após falha de Gum e decretou a vitória sobre o Fluminense.

Nenhum comentário:

Ser Vasco