✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Prejudicado pela abitragem, Vasco ganha mas não leva a vaga

O jovem Talles foi o destaque, marcando dois gols
Jogando no Maracanã, com a torcida cruzmaltina dando um show, incentivando o time do inicio ao fim. O Vasco fez 2 a 0, permitiu o empate do Goiás, teve um gol mal anulado e ainda marcou mais um gol no final.

Mesmo com a equipe recheada de reservas os cruzmaltinos fizeram uma grande partida, vencendo por 3 a 2, e não fosse o gol anulado pelo juiz, teria garantido a vaga nas semifinais da Copa do Brasil. O time esmeraldino, havia vencido o jogo de ida no Serra Dourada por 2 a 1, e se classificou por ter marcado mais gols fora de casa.

A partida mal havia começado, quando o menino Thalles mostrou muita estrela e abriu o marcador para o Vasco. Juninho achou Fagner, que cruzou na medida para Thalles, que dominou e tocou para o fundo das redes do time goiano.

Aos 16 minutos, o jovem deixou o dele novamente. O atacante recebeu na entrada da área. Ao seu lado, Juninho passava livre, mas Thalles, bastante confiante, finalizou com perfeição fazendo o segundo gol do Vasco.

Porém, não houve muito tempo para o time carioca comemorar a parcial classificação. Aos 18 minutos, Walter achou Hugo, que de bate pronto fez o primeiro do Goiás e igualou o placar agregado, contando com o critério do gols fora. Neste momento a partida ia para os pênaltis.

Aos 30 minutos, o Vasco chegou a marcar novamente. Juninho cruzou e Luan tocou de cabeça para as redes. O jogador cruzmaltino estava em posição legal, mas erradamente, o auxiliar marcou o impedimento.

A segunda etapa começou com Thalles tendo chance de marcar o terceiro, mas dessa vez, o jogador perdeu a chance. O jovem recebeu em condições legais, mas bateu em cima de Renan.

Na primeira chance de gol do Goiás no segundo tempo, o time esmeraldino fez o dele. Após lateral, Walter protegeu a bola e entregou a Amaral, que finalizou sem chances de defesa para Alessandro.

O Cruzmaltino partiu para cima do time goiano. Aos 34 minutos, a equipe carioca chegou ao terceiro gol com Willie. Porém ainda faltava um gol para o Vasco conseguir a classificação. Os últimos minutos foram de pressão total, mas o Goiás conseguiu segurar o resultado e carimbou a vaga para a próxima fase.

Nenhum comentário:

Ser Vasco