✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Superação acima de tudo no Gigante da Colina

Pedro Ken está pronto para enfrentar o ex-clube
Agora é tudo ou nada. Faltando sete rodadas para o fim do Brasileirão, o Vasco não pode se dar ao luxo de abrir mão da força máxima na luta para escapar da zona do rebaixamento. É por isso que Pedro Ken, que ficou fora da partida contra a Ponte Preta, por causa de um pequeno edema na coxa direita, voltou aos treinamentos ontem e vai para o sacrifício contra o Coritiba, amanhã, no Moacyrzão, em Macaé.

Jogador que mais vezes atuou com a camisa do Vasco nesta temporada, (48 das 55 partidas), Pedro Ken corria o risco de se machucar por causa do desgaste físico. Antes da partida de domingo, o departamento médico identificou alto índice de creatinoquinase no organismo do atleta, o que indicava um iminente problema muscular.

Disposto a não ficar fora de um momento tão decisivo para o Vasco, o apoiador, que tem atuado na cabeça de área, se colocou à disposição mesmo não estando 100%. Poupado nos treinos de terça e quarta-feira, Pedro Ken voltou a trabalhar ontem e foi escalado entre os titulares pelo técnico Adilson Batista. Ele entrou na vaga de Fillipe Soutto, vetado por causa de uma lesão na coxa direita.

“Sou um dos jogadores que mais jogaram este ano e isso acaba sobrecarregando. Fiquei fora do último jogo para não perder o restante do campeonato. Tive tempo para me recuperar, estou me sentindo bem e pronto para ajudar o Vasco contra o Coritiba”, afirmou Pedro Ken.

Adilson voltou a fazer testes e escalou o time com Michel Alves, Fagner, Jomar, Cris e Yotún; Abuda, Pedro Ken, Juninho e Francismar; Marlone e Edmilson. E parece que uma ordem do treinador já foi assimilada pelo grupo: pensar em um jogo por vez.

“Temos sete jogos muito decisivos. A gente precisa vencer o Coritiba e não podemos deixar cair depois. O time tem de buscar uma sequência de bons resultados para ficar na Série A. Devemos pensar jogo a jogo, como pediu o treinador. Estamos focados e concentrados nisso. Encaramos cada partida como uma decisão de campeonato”, afirmou o camisa 10.

Nenhum comentário: