✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Vasco vence o primeiro duelo com a Ponte pela Copa do Brasil

Diego Renan abriu o placar em Campinas
Jogando fora de casa pela Copa do Brasil, o Vasco venceu a Ponte Preta por 2 a 0 e pode até perder em São Januário que avançará na competição. As equipes voltam a se enfrentar novamente em Campinas-SP, neste sábado, pela Série B do Brasileiro. Na próxima quarta-feira, os dois times fazem o confronto de volta pela Copa do Brasil em São Januário.

Mesmo jogando fora de casa, o Vasco teve com apenas seis minutos, uma grande chance de abrir o placar no estádio Moisés Lucarelli. Douglas deu belo passe para Thalles, que entrou livre na cara de Roberto, mas o jovem atacante demorou um pouco a chutar e acabou finalizando para fora.

Valorizando mais a posse de bola, o Cruzmaltino tinha o comando inicial da partida, mas a Ponte era bastante perigosa e vertical, principalmente nas arrancadas de Edno. A partir da meio de etapa inicial, o Vasco recuou e a Ponte passou a ter as rédeas do jogo. No entanto, a equipe de Campinas abusou bastante de jogadas aéreas, o que acabou facilitando a vida para o Cruzmaltino. Com isso, o placar seguiu para o intervalo sem nenhuma alteração.

Com mais vontade, a Macaca voltou correndo muito no segundo tempo e com quatro minutos teve a sua melhor chance na partida até então. Alex deu belo passe e colocou Edno na cara do gol, o atacante tentou encobrir Martin Silva, mas a bola acabou passando por cima do gol vascaíno.

No momento em que enfrentava a sua maior dificuldade na partida, o Vasco abriu o placar. Douglas deu belo passe para o Diego Renan, o lateral-esquerdo recebeu em condições legais e chuou na saída do goleiro Roberto. E não demorou muito para o Cruzmaltino ampliar. Aos 17 minutos, Kleber arriscou de fora da área, o goleiro da Ponte Preta soltou e Thalles conferiu para o fundo das redes.

Mesmo com a vantagem, o Vasco continuou superior na partida. Diego Renan quase fez mais um, quando invadiu a área pela esquerda, mas chutou em cima do goleiro Roberto que fez boa defesa. Com o resultado favorável, o Vasco passou a administrar o jogo. Douglas e Thalles deixaram o time para evitar um desgaste maior. A Ponte não esboçou muita reação e o resultado foi segurado com tranquilidade pelos cariocas.

Nenhum comentário:

Ser Vasco