✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco joga bem mas perde por 1 a 0, após falha de Sandro Silva

Bernardo lutou muito, mas cansou no 2º tempo
Apesar de se tratar de um amistoso, o primeiro confronto entre Vasco e Flamengo mais parecia uma partida valendo título. O clima foi quente dentro e fora de campo, com as duas equipes fazendo um jogo muito disputado. O resultado final de 1 a 0 na Arena da Amazônia, pelo torneiro Super Series, a favor dos rubro-negros, foi fruto de uma falha de Sandro Silva na saída de bola, onde Everton ficou livre na área para marcar.

Mesmo sendo apenas o primeiro confronto de cada time na pré-temporada, o jogo foi levado a sério por ambas as equipes que fizeram uma partida com jogadas ríspidas e de muita disputa no meio campo. Apesar da grande disposição, os jogadores sentiram o forte calor de Manaus, e não conseguiram manter o mesmo ritmo até o final. Na próxima sexta-feira, o Vasco volta a campo para enfrentar o São Paulo, na Arena da Amazônia, às 22hs. Já os rubro-negros enfrentam o clube paulista no próximo domingo, às 17hs.

O JOGO

Apesar do jogo ser na Arena da Amazônia, o duelo entre as torcidas nas arquibancadas relembrava a atmosfera do Maracanã. Porém dentro de campo, os dois times mostraram nos primeiros minutos que ainda estão começando a preparação para a temporada abusando dos erros de passes e de jogadas truncadas no meio campo. Um pouco mais organizado em campo, o Flamengo trocava passes com mais efetividade mas não conseguia finalizar.

Após falta na entrada da área, Bernardo chutou rasteiro para boa defesa de Paulo Victor. O Flamengo só conseguiu responder aos 30. Após boa jogada de contra-ataque, Nixon recebeu bom passe dentro da área e finalizou com perigo obrigando Martín Silva a colocar para escanteio.

Após as chances criadas, o jogo esquentou de vez em campo. Em menos de dois minutos, jogadas ríspidas se sucederam e o árbitro distribuiu três cartões amarelos, dois para o Fla e um para o Vasco. Aos 33, o Cruz Maltino aproveitou mais uma bobeira do Rubro-Negro na saída de bola e após belo passe de Bernardo, Marcinho recebeu com espaço dentro da área e finalizou para uma defesa espetacular de Paulo Victor, salvando o gol.

No minuto seguinte, o Fla respondeu a altura. Em contra-ataque rápido, Marcelo Cirino acelerou a jogada pelo lado esquerdo, invadiu a área e serviu Arthur Maia que se atrapalhou na hora de finalizar e desperdiçou uma boa chance do Rubro-Negro na partida.

Apostando sempre nas jogadas de velocidade, o Flamengo chegava em contra ataque surpreendo a defesa do Vasco. Ainda procurando o melhor encaixe do time, o time da Colina se aproveitava dos erros de passe do Rubro-Negro para tentar atacar a defesa adversária.

Na reta final do primeiro tempo, a estrela de Paulo Victor começou a brilhar. Após falta cobrada na área por Bernardo, Luan cabeceou com força e o camisa 48 do Fla operou um verdadeiro milagre. Porém, a jogada não valeu pois o bandeira assinalou impedimento do zagueiro vascaíno. Três minutos depois, o Vasco chegou novamente com perigo. Novamente Marcinho recebeu bom passe de Bernardo e finalizou para mais uma defesa do goleiro Rubro-Negro.

Na volta para o segundo tempo, o Flamengo resolveu tomar a iniciativa e começou a partida pressionando a saída de bola do Vasco. Logo no primeiro minuto, Anderson Pico fez boa jogada pela esquerda e finalizou com perigo ao lado do gol de Martín Silva. Com maior presença no campo de ataque, o Rubro-Negro começou a criar chances no jogo. Aos 6, Pará fez grande jogada pela direita e cruzou na medida para Marcelo Cirino que não aproveitou a chance e furou a bola.

A pressão feita pelo Fla deu resultado aos 9 minutos. Sandro Silva tentou driblar na saída de bola, mas foi desarmado por Everton. O meia invadiu a área e com tranquilidade finalizou deslocando Martín Silva para abrir o placar na Arena da Amazônia. O gol desorganizou o Vasco em campo que começou a oferecer espaço no contra-ataque.

Aos 11, o Flamengo chegou novamente com velocidade pela direita com Nixon. O atacante fez cruzamento com perigo para Marcelo Cirino, mas Montoya se adiantou e evitou uma chance clara de gol. Atordoado em campo, o Vasco não conseguia reproduzir as boas jogadas do primeiro tempo e passou a dar espaço para o adversário tocar a bola.

Até que aos 27, o jovem atacante Yago fez boa jogada pela direita e cruzou para Montoya finalizar em cima de Paulo Victor que saiu abafando o chute e evitando o gol de empate. O Vasco começou a se animar na partida graças as boas jogadas de Yago pela direita. Em novo lance do atacante, ele cruzou para Julio dos Santos finalizar para mais uma boa defesa de Paulo Victor.

Sentindo o início da pré-temporada, a qualidade da partida caiu e os jogadores começaram a apresentar sinais de cansaço. Com o placar a favor, o Flamengo apenas administrou o resultado e garantiu a primeira vitória da temporada 2015. 

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1x0 VASCO
Estádio: Arena da Amazônia (AM);  Renda e Público: Não divulgados;  Árbitro: Edmar Campos da Encarnação (AM);  Gols: Everton (Flamengo, aos 9' do 1ºT) Cartão Amarelo: (Flamengo) - Cáceres, Anderson Pico, Arthur Maia.  (Vasco) - Christiano e Montoya.

VASCO: Martin, Jean Patrick (Nei, aos 22' do 2ºT), Luan, Rodrigo e Christiano (Henrique, aos 25' do 2ºT); Guiñazu (Lucas, aos 24' do 1ºT) e Sandro Silva (Júlio dos Santos, aos 17' do 2ºT); Bernardo (Marquinhos do Sul, aos 12' do 2ºT), Marcinho e Montoya; Rafael Silva (Yago, aos 12' do 2ºT). Técnico: Doriva.

FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura (Pará, intervalo), Wallace, Samir e Anderson Pico; Víctor Cáceres (Márcio Araújo, intervalo), Canteros, Arthur Maia (Lucas Mugni, aos 17' do 2ºT) e Everton (Luiz Antônio, aos 34' do 2ºT); Nixon (Alecsandro, aos 17' do 2ºT) e Marcelo Cirino (Bressan, aos 43' do 2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Um comentário:

  1. Que vacilo senhor Sandro Silva ! O time até que estava bem em campo, chegando a me surpreender em alguns momentos pela disposição. Não fosse as boas defesas do goleiro deles, hoje poderíamos estar curtindo uma boa vitória. Mas quis o destino que o senhor " S.S." fizesse aquela lambança... Agora é bola pra frente, porque amanhã temos que vencer os bambis. S. V !!

    ResponderExcluir