✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Anderson Salles faz dois e Vasco vence o Boavista fora de casa

Anderson Salles comemora o gol da vitória
Com oito desfalques, o Vasco contou com um herói incomum para sair com os três pontos nesta quinta feira. O zagueiro  Anderson Salles fez os dois gols do Cruzmaltino na vitória sobre o Boavista por 2 a 1, em Saquarema. O segundo gol veio aos 48 do segundo tempo, de pênalti. Erick Flores, fez o gol de honra dos donos da casa.

Com a vitória, o Vasco chega aos 29, mesmo número de pontos de Flamengo e Botafogo, mas fica em terceiro lugar por conta do saldo de gols. No próximo domingo, o Cruzmaltino tem pela frente o clássico contra o líder Botafogo, às 16h, no Maracanã enquanto o Boavista que ocupa a 15ª colocação, visita o Resende, às 15h30, no estádio do Trabalhador.

Apesar dos oito desfalques, o diferente time do Vasco escolhido por Doriva começou dominando a partida em Saquarema e tinha maior posse de bola. Porém, a supremacia não se transformava em chances reais de ataque. Acuado na defesa, o Boavista se limitava a impedir as investidas vascaínas. O volante Lucas é o que mais parecia no início da partida e finalizou três vez com perigo contra o gol dos donos da casa.

A melhor chance Cruzmaltina veio somente aos 18. John Cley fez boa jogada e cruzou para Anderson Salles que pecou na hora de cabecear desperdiçando a oportunidade. O jogo era muito pegado na marcação e ambos os times pouco criavam no ataque. A melhor chance do jogo veio aos 31. Thiago Paiva, do Boavista, invadiu pela direita, driblou Rodrigo e chutou para carimbar o pé da trave de Jordi.

Sem criatividade no meio campo para construir jogadas, o Vasco abusava dos lances pelas laterais e das bolas alçadas na área. Sempre aparecendo na área, o volante Lucas era quem mais apareceria tentando finalizar as jogadas, mas errava praticamente todas que tentava.

Na volta para o segundo tempo, o Vasco insistia nas jogadas pela laterais e nas bolas levantadas na área. Mais ativo no contra-ataque, o Boavista esperava a melhor oportunidade para atacar. E ela veio aos 6. Após troca de passes próximo a área, Erick Flores recebeu de Anselmo e finalizou com categoria no ângulo para abrir o placar em Saquarema.

Porém a vantagem do Boavista não durou por muito tempo. Três minutos depois, o zagueiro Anderson Salles cobrou falta de muito longe, o goleiro Marcelo Carné caiu atrasado e não impediu a bola de entrar. Empate do Vasco em Saquarema.

Os gols esquentaram o jogo que foi morno no primeiro tempo. Animados, os dois times saíram para o ataque e a partida ficou aberta. Aos 16, Erick Flores lançou Thiago Silva com espaço sozinho nas costas da zaga, mas o volante tentou encobrir o goleiro Jordi e errou na força jogando a bola para fora.

Aos 30, Yago dificultou a vida do Boavista após puxar Lorran, receber o segundo amarelo e ser expulso da partida. Porém a vantagem numérica do Vasco não durou muito tempo. Em duas faltas em menos de um minuto, Montoya levou duas advertências e também foi mandado para o chuveiro mais cedo. Com espaço no campo, os dois times buscaram o ataque, mas não conseguiam criar jogadas claras de gol.

Aos 42, Anderson Salles teve mais uma chance de falta para desempatar o jogo, mas cobrou tirando tinta da trave. Aos 46, Thalles recebeu na área e foi derrubado pela zaga do Boavista: Pênalti para o Vasco. Na cobrança, Anderson Salles assumiu a responsabilidade e cobrou com categoria para garantir mais três pontos para o Cruzmaltino no Carioca.

FICHA TÉCNICA

BOAVISTA 1x2 VASCO
Estádio: Elcyr Rezende
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Gols:  Erick Flores (Boavista, aos 6' do 2ºT), Anderson Salles (Vasco, aos 9' do 2ºT e 48' do 2ºT)
Cartões Amarelos: Erick Flores , Yago, Max Pardalzinho, Willian Maranhão, Gustavo (Boavista) e Lucas, Montoya, Nei (Vasco)
Cartões Vermelhos: Yago (Boavista) e Montoya (Vasco)

BOAVISTA: Marcelo Carné, Yago, Gustavo, Bruno Costa e Jefferson Arroz; Vitor Faísca, THiago Silva, Willian Maranhão, Francismar (Max Pardalzinho, intervalo) e Erick Flores (Marcelo Nicácio, aos 38' do 2ºT); Anselmo (Juninho, aos 21' do 2ºT). Técnico: Rodrigo Beckham.

VASCO: Jordi, Nei, Anderson Salles, Rodrigo e Lorran; Victor Bolt (Montoy, intervalo), Lucas, Julio dos Santos e John Cley (Rafael Silva, aos 27' do 2ºT); Mosquito (Yago, aos 9' do 2ºT) e Thalles. Técnico: Doriva.

Nenhum comentário: