✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco cede empate a Chapecoense, após pênalti polêmico

Rodrigo comemora o gol com a torcida
Estádios diferentes, adversários do mesmo estado e roteiro parecido. Dez dias após o jogo do Vasco contra o Avaí, os cruzmaltinos enfrentaram a Chapecoense e novamente, o clube carioca deixou escapar no fim uma vitória contra um rival direto contra o rebaixamento. No Maracanã, o Gigante saiu na frente com Rodrigo, mas cedeu o empate ao clube catarinense no fim da partida: 1 a 1, após um pênalti mal marcado pelo juiz. Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o São Paulo, às 16 horas, no Morumbi.

O Jogo
O Vasco começou o duelo contra a Chapecoense, no Maracanã, partindo para cima do clube catarinense. Com jogadas de velocidade pelos lados do campo, o Gigante chegou com muito perigo. Nenê teve duas boas oportunidades, mas acabou pecando na finalização. Com o passar do tempo, a Chapecoense conseguiu acertar a marcação e o jogo ficou mais concentrado no meio-campo. O Vasco passou a errar muitos passes e a equipe catarinense passou a ter boas oportunidades em contra-ataques. Antes do intervalo, os visitantes assustaram. Ananias recebeu belo passe, mas na hora de finalizar, chutou em cima do goleiro Jordi.

No segundo tempo a Chapecoense avançou a marcação e chegou a equilibrar o jogo. Os visitantes balançaram a rede com Tulio de Mello, mas a jogada foi anulada, devido a uma falta do atacante catarinense que desequilibrou o zagueiro Luan do Vasco. Aos 24 minutos, o Vasco teve uma grande chance. Nenê deu belo passe e colocou Andrezinho na cara do gol, mas o apoiador chutou para fora. O lance animou o clube carioca, que voltou a ameaçar de novo com Bruno Gallo, mas o goleiro Danilo fez boa defesa. No lance seguinte, o Vasco abriu o placar. Depois de cruzamento, no escanteio, Rodrigo subiu mais que a zaga da Chapecoense e cabeceou para o fundo das redes.

O jogo seguia favorável ao Vasco e quando tudo parecia decidido, Gil chutou e a bola bateu na barriga de Rodrigo dentro da área. O juiz deu pênalti erradamente, alegando que a bola havia batido na mão do zagueiro vascaíno. Bruno Rangel bateu bem e venceu o goleiro Jordi. Já nos acréscimos o Vasco foi a frente e levantou uma bola sobre a área, Tiago Luís da Chapecoense cortou com a mão e o juiz deixou de marcar um pênalti escandaloso. Os catarinenses ainda tiveram uma chance em contra ataque, mas a bola foi pra fora e o jogo terminou empatado.

FICHA TÉCNICA

VASCO 1 X 1 CHAPECOENSE
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Renda/Público: R$ 728.635,00 / 22.827 pagantes
Cartões Amarelos: Herrera, Leandrão, Romarinho e Rodrigo (VAS) / Camilo, Neto, Danilo e Thiago (CHA)
GOLS: Rodrigo (27'/2ºT 1 - 0) e Bruno Rangel (40'/2ºT 1 - 1)
VASCO: Vasco: Jordi, Bruno Ferreira, Luan, Rodrigo e Júlio César; Bruno Gallo, Julio dos Santos (Diguinho - 15'/2ºT) ,Andrezinho e Nenê; Herrera (Romarinho - 23'/2ºT) e Leandrão (Riascos - 41'/2ºT) - TÉCNICO: Jorginho.
CHAPECOENSE: Danilo, Apodi, Willian Thiego, Neto e Dener; Elicarlos e Cleber Santana; Camilo, Ananias (Gil - 25'/2ºT) e Maranhão (Tiago Luís - 28'/2ºT); Túlio de Melo - TÉCNICO: Guto Ferreira.

Nenhum comentário: