✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Vasco deixa a vitória escapar no final contra o Avaí

Vascaínos comemoram o gol de Nenê
Foi por pouco que o Vasco não saiu com a vitória do estádio da Ressacada neste domingo, em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão da Série A. Com quatro vitórias e um empate nos últimos cinco jogos, o Cruzmaltino vencia o Avaí, por 1 a 0, até os 40 minutos do 2º tempo, quando André Lima dominou dentro da grande área e igualou o marcador, frustando os planos do time carioca. Com o resultado, o Vasco chegou aos 27 pontos, ocupando o 19º lugar. Na próxima rodada, o Cruzmaltino pega a Chapecoense, quinta-feira, dia 15, no Maracanã, às 19h30.

Com tempo fresco e sem calor, Vasco e Avaí não tiveram do que reclamar por jogar na manhã deste domingo. O sol escondido fez com que o jogo ganhasse velocidade desde o seu início. Aos 7 minutos de partida, já teve bola na rede. Andrezinho cruzou e Julio dos Santos mandou para o fundo do gol, mas o árbitro marcou posição irregular do meia na hora do passe e anulou a jogada. Com mais posse de bola, o Vasco não parecia jogar fora de casa.

A resposta do Avaí veio no minuto seguinte. Léo Gamalho arriscou e bateu no canto direito de Martín Silva. O goleiro uruguaio foi nela e conseguiu fazer uma boa defesa. O volume de jogo do Vasco era superior ao do Avaí até os 30 minutos do 1º tempo. O visitante tinha 64% de posse de bola contra 36% dos donos da casa. Nenê e Andrezinho eram os que mais trabalhavam nas jogadas de ataque, sempre tentando acionar Leandrão.

Tamanha superioridade, foi coroada com um gol. Leandrão partiu em velocidade e invadiu a área. O atacante cortou para o meio e Marquinhos deu o carrinho. A bola acabou batendo na mão do jogador do Avaí e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Nenê converteu.

Na segunda etapa, o Avaí voltou mais ligado e Léo Gamalho foi o primeiro a assutar o goleiro Martín Silva com um chute que passou rente à trave. O atacante, aos 25 minutos, tentou novamente de cabeça.

Mas a principal chance do Avaí, foi quando Madson colocou a mão na bola fora da área, mas o juiz achou que foi dentro da área, marcando pênalti. Gamalho bateu e perdeu a oportunidade de igualar o placar, isolando a bola por cima do travessão.

O prêmio pelo bom segundo tempo do Avaí só veio aos 40 minutos. André Lima saiu do banco de reservas e igualou o placar na Ressacada. Aos 44, de novo André Lima, teve boa chance, desta vez de cabeça, mas Martín Silva voou para salvar no canto direito. O empate acabou tendo um gostinho amargo para o Vasco, que esteve perto de conseguir os três pontos fora de casa.

Avaí 1 x 1 Vasco - 29ª rodada
Local: Ressacada (Santa Catarina)
Árbitro: Luís Teixeira Rocha (RS)
Cartões Amarelos: Bruno Gallo (VAS, aos 2' do 1ºT), Marquinhos (AVA, aos 27' do 1ºT), Everton Silva (AVA, aos 29' do 1ºT), Romário (AVA, aos 7' do 2ºT), Andrezinho (VAS, aos 8' do 2ºT), Rafael Vaz (VAS, aos 27' do 2ºT), Martin Silva (VAS, aos 36' do 2ºT), Vagner (AVA, aos 39' do 2ºT)
Cartões Vermelhos: Jorge Henrique (VAS, aos 33' do 2ºT), Rafael Silva (VAS, aos 38' do 2ºT), Romário (AVA, aos 38' do 2ºT)
Gols: Nenê (VAS, aos 44' do 1ºT) e André Lima (AVA, aos 40' do 2ºT)
Avaí: Vagner, Nino Paraíba, Antonio Carlos, Jubal, Romário; Renan (André Lima), Eduardo Neto, Everton Silva (Tinga), Marquinhos (Renan Oliveira); Anderson Lopes e Léo Gamalho. Técnico Gilson Kleina.
Vasco: Martín Silva, Madson, Rodrigo, Vaz, Júlio César; Bruno Gallo (Serginho), Andrezinho, Julio dos Santos, Nenê; Jorge Henrique (Rafael Silva) e Leandrão (Anderson Salles). Técnico: Jorginho.

Nenhum comentário:

Ser Vasco