✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Clique na aba "Caldeirão Vascaíno" e acompanhe o programa toda segunda feira às 21 hs ✠ Seja um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Nenê perde pênalti e Vasco fica no empate com o Volta Redonda

Nenê fez um gol e perdeu um pênalti
Em ritmo lento, o Vasco não fez um bom jogo, e só ficou no empate em 1 a 1 contra o Volta Redonda, neste domingo, em São Januário, pela 5ª rodada da Taça Guanabara. O tropeço ainda manteve a invencibilidade do Cruzmaltino na temporada, mas lhe tirou a liderança da competição, já que o Fluminense ganhou no sábado. Nenê marcou para o Gigante, mas perdeu um pênalti enquanto o jogo ainda estava 1 a 0 e Niltinho igualou o placar para o Voltaço. O resultado deixou o Vasco empatado com o Fluminense com 11 pontos, porém na segunda posição, pois perde no saldo de gols para o Tricolor. Além disso, o Cruzmaltino desperdiçou uma boa chance de garantir a classificação antecipada. No próximo sábado, o Gigante da Colina volta a campo para encarar o Madureira, às 18h30, em São Januário.

Demostrando um aparente cansado após o clássico contra o Flamengo na quarta-feira em Brasília, o Vasco entrou em campo num ritmo mais lento neste domingo contra o Volta Redonda. E a equipe do Sul Fluminense fez questão de aproveitar. Logo aos 3, Vinícius Pacheco arrancou do meio-campo, deu um lindo drible em Rodrigo e tocou com categoria para tirar de Martín Silva, mas a bola carimbou a trave. No rebote, já sem goleiro, o camisa 10 chutou de novo e Julio Cesar desviou para fora.

Com uma postura bem definida, o Volta Redonda se fechava atrás e procurava sair em contra ataque, mas demorava um pouco na transição da defesa para o ataque. Aos 23, Niltinho levou perigo mais uma vez ao gol do Vasco, exigindo boa defesa de Martín Silva. Insatisfeito com o que via em campo, Jorginho não exitou e sacou Bruno Gallo para colocar Yago Pikachu no jogo. O volante saiu visivelmente contrariado do gramado.

A mudança fez com que o Vasco acordasse e procurasse mais o ataque. Aos 43, o Cruzmaltino finalmente levou perigo ao gol de Mota. Andrezinho aproveitou rebote na entrada da área e acertou belo chute que saiu a direita da meta do Volta Redonda. No minuto seguinte, Nenê, que estava apagado na partida, apareceu. Pikachu lançou Madson na direita que achou o camisa 10 dentro da área. Com calma, o meia dominou, driblou o zagueiro e fuzilou para abrir o placar em São Januário.

Assim como no primeiro tempo, o segundo começou com o Volta Redonda procurando o ataque e criando chances. Aos 7, Dija Baiano achou Niltinho na área, mas o atacante chutou longe do gol. Cirúrgico, o Vasco foi efetivo quando foi ao ataque. Aos 16, Pikachu foi derrubado na área por Cristiano e o árbitro assinalou o pênalti. Porém, na cobrança, Nenê bateu mal e Mota defendeu. Foi o primeiro pênalti desperdiçado pelo camisa 10 da Colina em dez tentativas.

Depois da chance perdida, o Vasco diminuiu o ritmo e o adversário se animou de novo. Aos 28 Vinicíus Pacheco cobrou falta na área e a bola passou por todo mundo, menos por Niltinho que completou para o fundo da rede, deixando tudo igual em São Januário. 

Sonolento na partida, o Vasco novamente precisou reagir e atacar o adversário. Porém, não conseguiu criar grandes chances. Sem forças para buscar a vitória, o Cruzmaltino até pressionou, na base do abafa, mas não conseguiu ser efetivo. Enquanto o Volta Redonda preferiu administrar o resultado se fechando atrás para garantir o ponto conquistado fora de casa contra um rival direto. 

FICHA TÉCNICA
VASCO 1x1 VOLTA REDONDA
Estádio: São Januário
Público e Renda: 5.257 presentes, 4.443 pagantes/ R$ 141.025,00
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro
Gols: Nenê (Vasco, aos 44' do 1ºT), Niltinho (Volta Redonda, aos 28' do 2ºT)
Cartões Amarelos: Marcelo, Luan, Tiago Amaral (Volta Redonda) e Andrezinho, Rodrigo (Vasco)
Cartões Vermelhos:

VASCO: Martín Silva, Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Bruno Gallo (Yago Pikachu, aos 33' do 1ºT), Marcelo Mattos, Andrezinho e Nenê; Caio Monteiro (Willian Barbio, aos 22' do 2ºT) e Thalles; Técnico: Jorginho

VOLTA REDONDA: Mota, Luiz Gustavo (Marrone, intervalo), Luan, Mailson e Cristiano; Bruno Barra, Marcelo, Vinícius Pacheco (Hugo, aos 36' do 2ºT) e Dija Baiano; Tiago Amaral (Pedro Isidoro, aos 41' do 2ºT) e Niltinho; Técnico: Felipe Surian

Nenhum comentário:

Ser Vasco