✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco sofre segunda derrota consecutiva, após mais uma falha da defesa

Éder Luis tenta se livrar da forte marcação do Avaí
Se a sequência invicta do início do campeonato dava a impressão de que o Vasco teria tranquilidade na Série B, não precisou de muitas rodadas para que o Cruzmaltino visse o nível de dificuldade da competição. O time carioca foi ao estádio da Ressacada enfrentar o Avaí e voltou ao Rio com uma derrota por 2 a 1 na bagagem. A equipe de Jorginho levou perigo ao adversário em várias oportunidades, mas não teve a efetividade necessária para buscar a vitória e, com isso, amargou a segunda consecutiva.

Após um primeiro tempo equilibrado e sem muitas chances claras para ambos os lados, o Avaí voltou inspirado na etapa final e aproveitou para abrir o placar logo nos minutos iniciais, num gol que contou com a ajuda do zagueiro Aislan, que falhou e acabou dando o passe para o primeiro gol do adversário. Mesmo com o resultado adverso, o Vasco continua na liderança da Série B, mas agora tem a mesma quantidade de pontos do Atlético-GO. O Cruzmaltino só fica na ponta devido ao número de vitórias: nove, contra oito do vice-líder. Na próxima rodada, o time da Colina encara o Brasil de Pelotas, no sábado, às 18h30, em São Januário.
A grande verdade do primeiro tempo é que nenhum time apresentou um bom futebol e muito menos dominou o jogo. As duas equipes conseguiam chegar ao ataque, mas nenhuma foi efetiva o suficiente para abrir o placar. O Vasco começou a tentar se impor aos poucos e, aos três, conseguiu finalizar com Nenê - o chute foi fraco e não levou perigo. O Avaí mostrou que não ia deixar barato logo no minuto seguinte, quando chegou com perigo ao gol de Martín Silva. A bola foi para escanteio e, na cobrança, William conseguiu finalizar sem marcação, mas mandou para fora.

Aos dez, Eder Luis recebeu dentro da área e chutou de esquerda, mas mandou a bola por cima do travessão de Renan. Aos 34, a melhor oportunidade do primeiro tempo para o Cruzmaltino. O atacante saiu em velociade, passou pela marcação do Avaí e tocou para Nenê, que chutou cruzado e não conseguiu alterar o marcador. A resposta novamente foi rápida: aos 35, o Avaí apostou na cobrança de falta ensaiada. A bola chegou em Gabriel, que cabeceou bem, mas rente à trave de Martín Silva.

O Avaí voltou para o segundo tempo disposto a mostrar quem manda na Ressacada. Logo nos primeiros minutos, começou a assustar o Vasco. Aos dois, Jajá cobrou falta cruzada e chutou para o gol, obrigando Martín Silva a salvar o Cruzmaltino. Mas o goleiro não conseguiu evitar a falha de Aislan, aos quatro. Após falta cobrada na área, o zagueiro acabou tocando na bola e 'dando passe' para Renato Júnior mandar para o fundo da rede: 1 a 0 para o Leão.

O gol parece ter surtido efeito sobre o time do Vasco, que, agora atrás no placar, corria contra o tempo para conseguir reagir. Aos oito, Julio dos Santos recebeu na área e tocou para Leandrão, criando uma boa oportunidade, mas impedida pelo goleiro adversário. No minuto seguinte, Julio Cesar chutou forte para tentar empatar, mas também não converteu. Aos 12, Eder Luis cabeceou com perigo, para fora.

Mas, em meio à pressão vascaína, foram os donos da casa que conseguiram marcar. Lucas Fernandes, que havia acabado de entrar, arrancou pela direita e achou Romulo no meio. O atacante passou por Martín Silva e Pikachu, que se enrolaram na área, e mandou para dentro do gol, ampliando o placar para o Avaí.

O Vasco teve a chance de diminuir e Aislan de se redimir, aos 23. O zagueiro finalizou de cabeça, a bola bateu duas vezes no travessão e ficou em cima da linha. Caio Monteiro tentou também, mas a bola foi mais uma vez no travessão e acabou não entrando.

Enquanto isso, o Avaí teve a chance de decretar a vitória aos 25, quando o árbitro marcou equivocadamente um pênalti por conta de uma falta de Rodrigo, que aconteceu fora da área. Na cobrança, William desperdiçou a oportunidade, deixando Martín Silva fazer a defesa. A confusão foi ainda mais prejudicial ao Vasco, que viu Jorginho ser expulso por causa de reclamação com a arbitragem.

O Vasco ainda conseguiu diminuir aos 40. Nenê chutou para o gol e Renan fez boa defesa, mas cedeu rebote a Caio Monteiro, que completou e mandou para o fundo do gol: 2 a 1. A reação não teve tempo suficiente para reverter o placar e o Cruzmaltino amargou mais uma derrota na Série B. 

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 2 X 1 VASCO
Local: Ressacada Árbitro: Elmo Resende. Cartão amarelo: Romulo, Judson (Avaí); Martín Silva, Andrezinho, Leandrão, Marcelo Mattos, Julio Cesar (Vasco). Gols: Renato Júnior (Avaí, aos 4' do 2ºT); Romulo (Avaí, aos 20' do 2ºT); Caio Monteiro (Vasco, aos 40' do 2ºT)

AVAÍ: Renan; Alemão, André Santos, Gabriel e Capa; Judson (João Filipe, aos 18' do 2ºT), Jajá, Renato Júnior e Diego Jardel (Lucas Fernandes, aos 18' do 2ºT); William e Romulo (Célio Santos, aos 28' do 2ºT). Técnico: Silas.

VASCO: Martín Silva; Madson (Yago Pikachu, aos 11' do 2ºT), Aislan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Caio Monteiro, aos 11' do 2ºT), Nenê e Andrezinho; Eder Luis (Evander, aos 30' do 2ºT) e Leandrão. Técnico: Jorginho.