✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Seja também um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Com gol nos acréscimos, Vasco põe fim ao jejum de vitórias no Brasileiro

Gol de Pikachu fez o Vasco voltar a vencer na Série B
Com um gol aos 46 minutos do segundo tempo o Gigante da Colina derrotou o Oeste Audax por 3 a 2, neste sábado, em São Januário. Finalmente o Vasco conseguiu pôr fim ao jejum que já durava cinco jogos na Série B. Porém, a vitória não veio fácil para o Vasco. Ainda na etapa inicial, Nenê de falta e Éderson deram ao Cruzmaltino uma vantagem no placar que parecia confortável, mas logo após o segundo gol dos cariocas, Ricardo Bueno diminuiu para o Oeste. Na etapa final, a equipe paulista empatou com um belo gol de Crysan, mas para felicidade da torcida cruzmaltina, Yago Pikachu, garantiu a vitória nos acréscimos e manteve o Vasco na ponta da Série B com 44 pontos ganhos. Na próxima terça-feira,  o Cruzmaltino viaja para Goiânia, para enfrentar o Goiás, às 21h30, no estádio Serra Dourada.

Jogando contra um Oeste organizado, o Vasco precisou de cautela para atacar de forma inteligente. E o primeiro gol do Cruzmaltino veio justamente do cérebro da equipe: Nenê. O camisa 10 foi preciso na cobrança de falta da entrada da área e aos 24 do primeiro tempo abriu o placar em São Januário.

O gol motivou a equipe a continuar atacando e quatro minutos depois, foi a vez de Éderson mostrar o faro de artilheiro, fazendo com que os atacantes cruzmaltinos voltassem a marcar após cinco jogos. Mais uma vez com grande categoria, Nenê lançou o atacante dentro da área que finalizou com precisão, para ampliar a vantagem.

Porém, no minuto seguinte, o Vasco cochilou e foi surpreendido pelo Oeste. Em saída rápida após o gol, a equipe paulista armou o ataque e após cruzamento da esquerda, Ricardo Bueno recebeu com espaço na área para diminuir o placar e recolocar os visitantes na partida.

Apesar do castigo, o Cruzmaltino seguia bem na partida e poderia até ter saído para os vestiários com uma vantagem ainda maior no placar, mas faltou eficiência na hora de finalizar em gol.

Diferentemente do primeiro tempo, o Vasco se apequenou no segundo tempo. Com grande posse de bola, o Oeste passou a gostar do jogo e se sentir a vontade em São Januário como se estivesse em casa. Com as ações ofensivas dominadas, os paulistas não demoraram para chegar ao empate. Aos 16, Crysan entrou na área e chutou colocado sem chances para Martín Silva.

O gol de empate abalou demais o time do Vasco que simplesmente se entregou na partida, vendo o Oeste ditar o ritmo do jogo. Sem força ofensiva, a equipe de Jorginho tentava na base do abafa pressionar os visitantes, mas não conseguia manter a posse de bola. Porém, os paulistas não conseguiam chegar ao ataque com efetividade.

Já aos 40, ao som de apupos da torcida, o Vasco precisou ir pra cima de qualquer jeito para não passar mais uma partida em branco. Aos 42, até chegou a balançar as redes com Thalles, mas o gol foi invalidado pois Rodrigo fez falta na jogada.

Porém aos 46, não teve nada que pudesse impedir Yago Pikachu de fazer a torcida em São Januário respirar aliviada. Após cruzamento de Thalles, o lateral apareceu como um atacante oportunista no meio da área e chutou para o gol, fazendo os torcedores cruzmaltinos, finalmente, soltar o grito de vitória que já estava entalado na garganta. 
FICHA TÉCNICA
VASCO 3x2 OESTE
Estádio: São Januário
Público e Renda: 4.903 presentes/ 3.936 pagantes / R$ 130.145,00
Árbitro: Marielson Alves Silva
Gols: Nenê (Vasco, aos 24' do 1ºT), Ederson (Vasco, aos 28' do 1ºT), Ricardo Bueno (Oeste, aos 29' do 1ºT), Crysan (Oeste, aos 16' do 1ºT), Yago Pikachu (Vasco, aos 46' do 2ºT)
Cartões Amarelos: Júnior Dutra, Rodrigo, Douglas Luiz (Vasco) e Daniel Simões, Bruno Silva (Oeste)
VASCO: Martín Silva; Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Douglas Luiz, Andrezinho e Nenê; Júnior Dutra (Madson), Jorge Henrique (Eder Luis) e Èderson (Thalles); Técnico: Jorginho
OESTE: Felipe Alves; Felipe Rodrigues, Bruno Silva e Velicka; Daniel Simões, Renan Mota, Marquinho e Rodolfo; Crysan, Mike e Ricardo Bueno; Técnico: Fernando Diniz.

Ser Vasco