✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco tropeça diante do Náutico, mas continua na liderança do Brasileiro

Nenê sofreu marcação dupla do começo ao fim do jogo 
A tarde deste sábado não foi boa para o Vasco. O time de São Januário não teve uma boa atuação diante do Náutico, na Arena Pernambuco, e viu o adversário garantir a vitória por 3 a 1. O único gol do Cruzmaltino no jogo foi marcado pelo lateral-direito Madson, que completou 100 jogos pelo clube com um feito inédito, marcando pela primeira vez com a camisa cruzmaltina. Apesar do resultado, a equipe carioca mantém a liderança. O próximo jogo do Vasco será na terça-feira, às 21h30, no Mangueirão contra o Paysandu, pelo Campeonato Brasileiro Série B. Na competição, o Cruzmaltino ocupa a primeira posição na tabela, com 52 pontos.

O Náutico começou a partida com intensidade, pressionando o time do Vasco. Aos 9 minutos da primeira etapa, o Timbu teve a primeira boa chance da partida. Rony recebeu cruzamento sozinho na pequena área, mas não conseguiu dominar e, por pouco, não abriu o placar na Arena Pernambuco.

Com o Cruzmaltino dominado pelos donos da casa, Martín Silva precisou trabalhar. Aos 15, Vinícius mandou um belo chute de fora da área, mas o goleiro vascaíno fez grande defesa. No rebote, a bola ficou nos pés de Bergson, pela ponta esquerda. O atacante cruzou e a bola passou bem perto do gol adversário.

Aos 24, Rony partiu em velocidade para cima da defesa vascaína. Antes de entrar na pequena área, o atacante bateu cruzado e mandou a bola no canto esquerdo sem chances para Martín Silva, abrindo o placar para o Náutico. O Vasco tentou responder, com Andrezinho colocando uma boa bola para Jorge Henrique, mas o jogador errou o cruzamento e perdeu a chance.

O primeiro tempo era do Náutico. Aos 37, Joazi recebeu livre pela direita e acertou um bom cruzamento na cabeça de Bergson, mas o atacante mandou a bola para fora, na última chance clara do Timbu no primeiro tempo.

O Vasco não teve muito tempo para mudar o panorama da partida. Logo aos 2 minutos da segunda etapa, Vinícius encontrou Rony livre na área. O atacante rolou para o meio para a chegada de Bergson, que precisou apenas empurar a bola para o fundo da rede.

Lançado pelo técnico Jorginho no lugar de Jorge Henrique, aos 4 minutos, Alan garantiu um bom cruzamento pela esquerda, mas a defesa adversária afastou o perigo. No rebote, Douglas beteu de primeira e Júlio César apareceu seguro para realizar a defesa. Em seguida, foi a vez do Náutico assustar, com Rafael Pereira cabeceando no canto do gol do Vasco, para a defesa de Martín Silva.

Aos 14, o Vasco cobrou escanteio na área do Náutico. A bola sobrou para Thalles, que cabeceou, sozinho, dentro da pequena área para a defesa salvadora de Júlio César. No rebote, Douglas pegou mal na bola e facilitou a chegada do goleiro do Timbu. O Vasco começava a melhorar na segunda etapa, enquanto os donos da casa já administravam o resultado.

Jorginho colocou o Vasco pra frente e a defesa do Náutico teve trabalho. Aos 29, um susto para o Timbu. Nenê arriscou de longe e o goleiro Júlio César saltou em cima da hora para fazer a defesa. No contra-ataque, a bola chegou para Bergson na área, pela esquerda. Martín Silva fechou o ângulo e salvou o Vasco do terceiro gol.

Completando 100 jogos com a camisa do Vasco, Madson balançou a rede pela primeira vez com a camisa do Cruzmaltino. Aos 38, Andrezinho lançou para o lateral-direito entrando na área. Ele dominou, de cara para Júlio César, e mandou a bola no fundo do gol.

Ainda restou tempo para o Náutico confirmar a vitória. Nos acréscimos, Rony ficou com a bola, invadiu a área e tentou passar por Martín Silva, que defendeu a primeira. A bola ainda ficou com o atacante que bateu, tirando de Luan, e marcou o gol para fechar a partida.

NÁUTICO 3 x 1 VASCO

Local: Arena Pernambuco
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Gols: Rony (Náutico - aos 24' do 1º tempo), Bergson (Náutico - aos 2' do 2º tempo), Madson (Vasco - aos 38' do 2º tempo) e Rony (Náutico - aos 47' do 2º tempo)
Cartão Amarelo: Mateus Muller, Rafael Pereira (Náutico) / Éderson (Vasco)

Náutico: Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Igor Rabello, Mateus Muller; João Ananias, Rodrigo Souza, Marco Antônio (Negretti), Vinícius (Renan Oliveira); Rony e Bergson (Yuri Mamute). Técnico: Givanildo Oliveira.

Vasco: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo, Julio Cesar (Eder Luis); Julio dos Santos (Thalles) , Douglas Luiz, Andrezinho, Nenê; Jorge Henrique (Alan Cardoso) e Éderson. Técnico: Jorginho.