✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Faça a sua inscrição no programa Sócio Torcedor Gigante ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ ✠
Clique na Imagem

Vasco vence o Bragantino e fica mais perto de voltar a Série A

Thalles e Nenê garantiram a vitória do Vasco
O Vasco fez um pacto com a torcida e ambas as partes foram cumpridas. Os torcedores compareceram ao estádio Nabi Abi Chedid, na tarde deste sábado, e viram o Cruzmaltino superar o Bragantino. O atacante Thalles foi protagonista da vitória por 2 a 1, com um gol e um pênalti sofrido. Jogando com muita determinação, em uma partida com vários erros de passe, o time de São Januário volta para casa com três pontos importantes na briga pelo acesso. Com o resultado deste sábado, o Gigante da Colina chegou aos 62 pontos e agora retorna aos gramados no próximo sábado, onde enfrentará o Criciúma, no estádio Heriberto Hülse, às 16h30.

Precisando da vitória para não se complicar na classificação, o Vasco começou bem, buscando o gol adversário. Porém, o time de Jorginho não conseguiu manter o ritmo diante do Bragantino. Os erros de passe atrapalhavam as duas equipes, que eram pouco criativas para abrir o placar.

A primeira chance foi do Vasco, com Thalles, que marcou e teve o gol anulado de forma equivocada pelo auxiliar. O gol anulado deu maior motivação ao Vasco para buscar o primeiro na partida. Aos 38, após escanteio cobrado por Nenê, Thalles apareceu novamente, desta vez para mandar a bola pro fundo da rede e abrir o placar no estádio Nabi Abi Chedid. A sensação de alívio não durou muito, aos 45 o árbitro marcou pênalti para o Bragantino, que converteu com Rafael Grampola.

No segundo tempo o Vasco encontrou uma boa oportunidade logo nos primeiros minutos. Thalles voltou a ser decisivo e sofreu pênalti. A cobrança foi feita por Nenê, que converteu e colocou o Cruzmaltino na frente no placar: 2 a 1.

O time de Jorginho ainda teve outras chances de ampliar o placar, mas parou no goleiro Renan Rocha. Daí em diante o Vasco passou a tocar a bola administrando a vantagem. Com isso a equipe carioca deixou a casa do adversário somando três pontos importantes para voltar à elite do futebol brasileiro.

FICHA TÉCNICA
BRAGANTINO 1 X 2 VASCO

Estádio: Nabi Abi Chedid
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira
Gols: Thalles (Vasco - aos 38' do 1º tempo), Rafael Grampola (Bragantino - aos 45' do 1° tempo), Nenê (Vasco - aos 08' do 2º tempo)
Cartões Amarelos: Thalles (Vasco), Gabriel Nunes (Bragantino), Bruno Gallo (Vasco)

BRAGANTINO: Renan Rocha; Juliano, Lucas Rocha, Diego Sacoman, Fabiano; Edson Sitta, Everton Dias, Gabriel Nunes (Lincom); Anderson Ligeiro, Rafael Grampola e Vitor Hugo. Técnico: Estevam Soares.

VASCO: Jordi; Madson, Luan (Rafael Marques), Rodrigo, Julio Cesar; Diguinho, Bruno Gallo (Julio dos Santos), Douglas Luiz; Nenê, Éderson (Yago Pikachu) e Thalles. Técnico: Jorginho.

Nenhum comentário: