✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Assista os jogos do seu time no "Futebol ao Vivo" ✠ Clique na aba "Caldeirão Vascaíno" e acompanhe o programa toda segunda feira às 21 hs ✠ Seja um Sócio Torcedor do Gigante da Colina ✠ Clique na aba "Sócio Gigante" e inscreva-se no programa de sócio torcedor do C. R. Vasco da Gama ✠
Clique na Imagem

Vasco joga bem e vence o Madureira na estréia do técnico Milton Mendes

Pikachu comemora o gol com Andrezinho e Nenê 
O novo treinador do Vasco, Milton Mendes, estreou com o pé direito pelo Cruzmaltino. Jogando contra o Madureira nesta quarta feira, em São Januário, a equipe da Colina venceu por 1 a 0, mas poderia ter obtido um placar bem melhor, em meio a tantas chances criadas e desperdiçadas. Depois de dois empates, o atual bicampeão carioca conquistou a primeira vitória na Taça Rio. Apesar do pouco tempo de Milton Mendes no comando do Vasco, a equipe de São Januário mostrou uma movimentação bem superior a das últimas partidas. O gol da vitória foi marcado por Yago Pikachu, que foi escalado como titular pelo técnico. O Gigante da Colina teve outras oportunidades, mas acabou não marcando mais. O Vasco volta a jogar pela Taça Rio, no domingo. O adversário do Gigante da Colina será o Flamengo, às 18h30, no estádio Mané Garrincha. Já o Madureira joga no sábado contra a Portuguesa, em Moça Bonita, às 15h30.

Sob o comando de Milton Mendes, o Vasco começou a partida contra o Madureira em um ritmo diferente das últimas partidas. Coma equipe mostrando boa movimentação, o clube da Colina saiu na frente e teve boas chances de ampliar na primeira etapa em São Januário. Com apenas oito minutos, o Gigante apareceu bem. Após boa triangulação entre Nenê e Andrezinho, Yago Pikachu foi desarmado na hora em que ia finalizar.

Aos 17 minutos, os cariocas abriram o placar. Yago Pikachu aproveitou falha de Jorge Fellipe, driblou o goleiro Rafael Santos e colocou no fundo das redes do Madureira. Mesmo na frente do placar, o Vasco seguiu dominante e quase fez o segundo. Aos 33 minutos, depois de cobrança de escanteio, a bola se ofereceu para Nenê, que tentou duas vezes, obrigando o arqueiro do Tricolor Suburbano a fazer bela defesa.

Antes do intervalo, novamente o camisa 10 do Vasco teve boa oportunidade de deixar a sua marca. Gilberto avançou bem e tocou para Nenê, o jogador se ajeitou e finalizou, porém, a bola não foi chutada de forma caprichosa o suficiente e acabou saindo por cima do gol do Madureira.

O segundo tempo começou com o Vasco pressionando. Yago Pikachu fez bela jogada e tocou para Luis Fabiano. O atacante se virou e finalizou na rede pelo lado de fora. Logo depois, o Gigante chegou de novo com perigo. Em outra falha de Jorge Fellipe, Gilberto roubou a bola e tentou tocar para o Fabuloso, porém, o lateral errou o passe, perdendo uma boa oportunidade para a equipe de São Januário.

O Gigante continuava criando chances. Aos 10 minutos, Nenê puxou um contra-ataque e tocou para Gilberto, o lateral cruzou para Luis Fabiano, o atacante dominou, mas demorou a finalizar e acabou sendo travado por Jorge Fellipe, que afastou o lance.

Aos 29 minutos, o Madureira conseguiu chegar com perigo pela primeira vez na partida. Souza tentou uma bicicleta, a bola bateu em Jomar e sobrou para Douglas Lima, que chutou cruzado, porém, não apareceu nenhum jogador da equipe visitante para completar a jogada.

Nos minutos finais, o time do Vasco diminuiu a intensidade. O Madureira começou a criar oportunidades, principalmente em lances de bola parada. Porém, nada que ameaçasse a vitória da equipe de São Januário, na estreia do seu novo treinador.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 MADUREIRA
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Público/renda: 2.797 pagantes (3.218 presentes)/R$ 66. 190,00
Cartões amarelos: Andrezinho, Douglas, Gilberto e Geovane Maranhão (Vasco), Souza (Madureira).
Gols: Yago Pikachu (17'/1ºT) (1-0)

VASCO: Jordi, Gilberto, Jomar, Rafael Marques e Henrique; Jean (Julio dos Santos) e Douglas; Andrezinho (Escudero), Yago Pikachu e Nenê; Luis Fabiano (Thalles). Técnico: Milton Mendes. 

MADUREIRA: Rafael; Rodrigo (Ruan), Diego Guerra, Jorge Fellipe; Leandro Carvalho, William (Pirão), Rezende, Luciano e Douglas Lima; Júlio César (Geovane Maranhão) e Souza. Técnico: PC Gusmão.

Nenhum comentário:

Ser Vasco