✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Vasco volta a vencer em São Januário, 2 a 1 sobre o Sport pelo Brasileirão

Douglas, L. Fabiano e Nenê foram os destaques da vitória cruzmaltina
Após duas derrotas consecutivas, o Vasco reencontrou o caminho da vitória no Brasileirão. Em jogo de poucas chances, o Gigante da Colina levou a melhor e venceu o Sport Recife por 2 a 1 em duelo realizado em São Januário. Os gols do Vasco foram marcados por Luis Fabiano e Douglas, com André descontando para os pernambucanos. Luis Fabiano, o Fabuloso, é o artilheiro do Gigante no Campeonato Brasileiro com cinco gols, todos marcados no estádio da Colina. Na próxima rodada, o clube carioca enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, às 21h45. Já a equipe pernambucana recebe o São Paulo. Ambos os jogos acontecem na quarta-feira.

O primeiro tempo entre Vasco e Sport foi extremamente sonolento, com poucas oportunidades de gol para os dois lados. Ambas as equipes apresentaram grande dificuldade em acelerar o jogo. Com isso, o duelo ficou muito restrito ao meio-campo.

A única chance de gol criada antes no intervalo foi nos acréscimos em uma jogada de bola parada. Após levantamento para a área, a zaga do Sport não afastou bem e a bola sobrou para Luis Fabiano, que finalizou para grande defesa de Magrão.

O Vasco voltou para o segundo tempo com Nenê no lugar de Wellington. A equipe carioca passou a arriscar mais em lances de fora da área. O próprio apoiador e Mateus Vital fizeram o goleiro Magrão trabalhar, logo no começo da etapa final.

Só que o Sport era perigoso e aos sete minutos após jogada de fundo, Thomás escorou chute cruzado, Martín Silva só pôde torcer e respirou aliviado, quando a bola acabou indo para a linha de fundo. Aos 13 minutos, o Vasco chegou novamente com perigo. Depois de levantamento para a área, Douglas apareceu e finalizou, a bola passou muito perto e assustou Magrão.

A pressão do Vasco aumentava e logo depois, o Gigante conseguiu marcar. Aos 17 minutos, Mateus Vital levantou a bola para a área e Luis Fabiano desviou a bola para o fundo das redes, colocando o clube carioca na frente.

Atrás no placar, o Sport tentou ir para cima do Vasco. Em lances de bola aérea, a equipe pernambucana chegou a ameaçar, mas não encontrou facilidade para superar a defesa cruzmaltina que estava bem postada e com isso não permitiu que adversário tivesse sucesso em suas jogadas de ataque.

Os últimos minutos foram de emoção. Após uma roubada de bola, o Vasco saiu em contra ataque e fez o seu segundo gol com Douglas, após boa triangulação entre Nenê, Evander e Gilberto. Mas logo depois, já nos acréscimos, o Sport descontou em penalidade cobrada por André. Já não havia tempo para mais nada e o juiz apitou o final da partida, garantindo mais uma vitória do Gigante.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 1 SPORT

Local: São Januário (RJ)
Arbitragem: Caio Max Vieira (RN)
Renda/Púlbico: R$ 291.675,00/ 9.485 pagantes (10.273 presentes)
Cartões Amarelos: Osvaldo (SPO) Cartões Vermelhos: Não houve.
Gols: 2º tempo – Luis Fabiano (17 minutos), Douglas (45 minutos) e André (47 minutos).

VASCO: Martín Silva, Gilberto, Paulão, Breno e Henrique; Jean, Wellington (Nenê), Douglas e Mateus Vital (Jomar); Manga Escobar (Evander) e Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes

SPORT: Magrão, Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Patrick; Anselmo (Leandro Pereira), Rithely, Thallyson (Sander) e Thomás (Rogério); Osvaldo e André.Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Nenhum comentário: