✠ Olá visitante, seja bem-vindo ao Blog da Cruz de Malta ✠ Clique em "Futebol ao Vivo" e assista os jogos do seu time em nosso site ✠ Seja um sócio torcedor do Club de Regatas Vasco da Gama ✠ Entre em https://socio-vasco.futebolcard.com/ e inscreva-se no programa Sócio Torcedor Gigante ✠
Clique na Imagem

Em clima de final, Vasco recebe o Corinthians em São Januário

Jorginho destaca o apoio da torcida 
É um jogo com clima de final para os dois lados. O Vasco busca dar mais um passo para sair da zona de rebaixamento, enquanto o Corinthians tenta garantir matematicamente o título. Este é o contexto da partida desta quinta-feira. O Gigante da Colina retorna ao "Caldeirão" em um momento decisivo. O técnico Jorginho conhece bem a força do seu time jogando em casa e sabe que o retorno a São Januário é justamente um dos trunfos do Gigante da Colina para bater o adversário, nesta quinta-feira, às 22hs, pelo Campeonato Brasileiro. 

"Eu joguei dois anos no Vasco. São Januário sempre foi nossa casa, nosso estádio lotado, é um verdadeiro "Caldeirão". Acreditamos que pelo momento isso vai acontecer. É muito importante ressaltar para nosso torcedor que precisamos deles, sabendo que não estamos jogando contra qualquer equipe", destacou o técnico.

A rodada não ajudou o Vasco. Com os resultados desta quarta-feira, o Gigante da Colina não consegue escapar da zona do rebaixamento mesmo se vencer o Corinthians. Porém, a vitória neste jogo, é essencial para o time continuar vivo no Brasileiro.

Muitos duvidam da virada do Vasco no Brasileiro. Jorginho sabe muito bem o que é buscar o "improvável" e calar os críticos. Em 2000, ele participou da histórica reviravolta na final da Mercosul, quando o Gigante da Colina perdia por 3 a 0, com dez jogadores em campo e virou para 4 a 3, conquistando o título. Salvar o Vasco agora será uma virada semelhante.

"Escolhemos acreditar e estamos nessa mesma situação. Até quando tivemos um baque terrível, como a derrota para o Internacional, ali foi nossa grande virada. Em todas as palestras do presidente, ele sempre acreditou em nós. Isso traz um apoio enorme para a comissão técnica. E isso a gente também encontra na rua. O torcedor acredita. Com certeza, vai ser uma grande virada como aquela contra Palmeiras em 2000. Foi um jogo histórico e todos no Vasco lembram com carinho", declarou.

Nenhum comentário: